“Hospital da Bonecada” atendeu 210 crianças em idade pré-escolar

Os estudantes voluntários do 4.º ano da licenciatura em enfermagem da Escola Superior de Saúde do Politécnico de Leiria (ESSLei/IPLeiria) montaram no dia 21 de abril um “Hospital da Bonecada” para 210 crianças em idade pré-escolar de dez infantários da região da Batalha.

Através de atividades lúdicas, culturais e pedagógicas, que decorreram entre as 9h30 e as 16h00, os voluntários desmistificaram o contexto hospitalar, que muitas vezes está associado a medo, dor e trauma.

As crianças contactaram com o ambiente hospitalar, de prestação de cuidados de saúde e familiarizaram- se com este novo panorama, bem como a interação com os profissionais de saúde, instrumentos e procedimentos.

“Esta iniciativa contribuiu para dar uma nova abordagem às crianças sobre o meio hospitalar e as práticas comuns que lhe são inerentes, bem como contribuiu para que os estudantes de enfermagem desenvolvessem um pensamento crítico e reflexivo para a resolução de problemas e capacidades de conceção, planeamento, execução e avaliação de programas de intervenção, orientados para crianças”, explicou Clarisse Louro, diretora da ESSLei/ IPLeiria.

A iniciativa foi organizada pela direção do Agrupamento de Escolas da Batalha, e o “Hospital da Bonecada” foi supervisionado por uma equipa pedagógica de docentes do Departamento de Ciências de Enfermagem da ESSLei/ IPLeiria.


NESTA SECÇÃO

Seis candidatos à conquista da câmara com PS ausente e dois novos partidos

Esta é a 13ª vez que os eleitores do Concelho da Batalha são chamados a escolher os autarcas...

Apoiar os mais carenciados, fidelizar os Jovens às suas raízes

  1) Desenvolver o concelho – atrair empresas, baixar a derrama, rever o IRS e criar empr...

Uma câmara mais perto das pessoas

  A governação de uma câmara municipal é uma função nobre, que deve ter as pessoas em pri...