Grupo promove recolha de lixo no vale do Lena

O grupo Aves da Batalha vai promover a 2ª edição da iniciativa "Caça ao Lixo no Vale do Lena" (evento aqui), com o objetivo de recolher detritos abandonados ao longo dos anos nas margens do rio Lena.

A atividade decorre no dia 2 de setembro, com a colaboração da Junta de Freguesia da Batalha, e está aberta a todas as pessoas interessadas na proteção do meio ambiente.

Na origem desta “caça ao lixo” está o facto de “alguns observadores de aves se queixarem de haver bastante nalguns locais do vale, sobretudo no troço entre a Batalha e a Golpilheira”, explica João Tomás, fundador do grupo Aves da Batalha.

“A existência de locais com lixo e onde ocorre a deposição frequente de entulho contribui para um vale menos saudável e menos atrativo para a realização de atividades na natureza”, adianta João Tomás, explicando que esta foi uma das razões para a realização da 1ª edição da "Caça ao Lixo no Vale do Lena", que decorreu a 29 de julho.

Esta atividade, que surgiu também “para tentar erradicar esses locais poluídos e para alertar a população do concelho para esta problemática”, foi aberta ao público em geral.

Numa manhã foram recolhidos oito sacos grandes de lixo, entre garrafas e garrafões de plástico, pneus de carro, peças de roupa e materiais diversos.

A recolha, em locais previamente selecionados, considerados os mais críticos, decorreu durante uma caminhada ao longo do vale.

Apesar da grande quantidade recolhida, foram detetados mais locais com lixo e entulho e, numa visita posterior ao segmento do vale Batalha – Brancas, encontraram-se ainda outras áreas que precisam de uma intervenção de limpeza.

Por isso, o grupo Aves da Batalha decidiu organizar a 2ª edição da “caça ao lixo”. Para participar basta usar um par de luvas de jardinagem e levar sacos de serapilheira ou outros que não sejam de plástico.

Se o número de pessoas o permitir, a organização admite “expandir a atividade para o segmento do vale localizado entre a Batalha e as Brancas.

“Sabemos que este tipo de atividades é fundamental para a preservação dos ecossistemas, podendo ser este tipo de atitudes proativas responsáveis pela salvaguarda dos recursos naturais para as gerações seguintes”, diz João Tomás.

O grupo Aves da Batalha visa dar a conhecer e promover a avifauna, mas também os outras espécies que que se podem encontrar no concelho da Batalha.

Já realizou duas atividades de observação de aves no vale do Lena, nos dias 6 de maio e 22 de julho, nas quais participou uma dúzia de pessoas, entre observadores, fotógrafos e curiosos.

Segundo João Tomás, “o vale do Lena é dos melhores locais do concelho para a prática de passeios na natureza, caminhadas e corridas, possuindo uma grande diversidade de habitats”.

Neste vale já foram registadas 115 espécies de aves e observadas lontras, “o que demonstra o quão rico é em termos de fauna e o quão imperativo é a sua preservação por parte do batalhenses”, conclui o fundador do grupo.

Foto: Rui Pinheiro

 


NESTA SECÇÃO

Autarquia quer travar explorações junto às pedreiras históricas

A Câmara da Batalha reafirmou em meados de maio “a sua determinação em manter as medidas de ...

Bolsas duplicam para alunos que forem para os Açores

A Câmara da Batalha anunciou que vai duplicar o valor das bolsas de estudo a atribuir aos jo...

Escola requalificada abre portas a projeto sempre inacabado

A obra de requalificação da Escola Básica e Secundária da Batalha foi inaugurada no dia 7 de...