Grupo Aves da Batalha ajuda a reflorestar a Quinta do Escuteiro

A convite da Quinta do Escuteiro, o grupo Aves da Batalha deslocou-se “a um dos locais mais mágicos do Concelho da Batalha” para ajudar nas acções de reflorestação no âmbito das comemorações do 35º aniversário do centro escutista. Foi a primeira vez que se envolveu numa ação do género.

Os elementos do Aves da Batalha plantaram duas pequenas árvores - um sobreiro e um medronheiro, típicas da região. Junto ao sobreiro, instalaram uma placa com a identificação da espécie, com o logótipo do grupo e ainda a uma mensagem: conhecer para proteger.

“É essa a nossa missão, a de conhecer e divulgar o maravilhoso património natural que ainda existe no Concelho da Batalha. Só criando laços e afectos com o que nos rodeia é que estaremos despertos e motivados para a sua proteção”, explica o grupo.

“Como seria de esperar, durante a acção não podíamos deixar de dar atenção às aves que por ali andavam. A que mais despertou a nossa curiosidade foi uma trepadeira-azul, que por entre sobreiros e carvalhos cantarolava. No total foram observadas/escutadas 29 espécies de aves”, adianta.


NESTA SECÇÃO

Procissão dos Caracóis volta este sábado e mostra por que quer ser classificada

A Procissão dos Caracóis, que integra a Festa de Nossa Senhora do Fetal, regressa este sábad...

“30 anos de FIABA. Três décadas a abraçar a tradição” do artesanato à gastronomia e música

A 30ª edição da Feira de Artesanato e Gastronomia da Batalha – Mostra do Mundo Rural (FIABA)...

Suspensa pesquisa e exploração de pedreiras na freguesia de Reguengo

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) prorrogou a suspensão...