Joana Pinto

Médica Interna de Formação Específica de Medicina Geral e Familiar na USF Comdestável, Batalha

Gota: causas e tratamentos

A Gota, uma das doenças reumáticas mais prevalentes no mundo, é causada por uma resposta inflamatória à deposição de cristais de monourato de sódio em determinados locais do corpo, e ocorre em pessoas com níveis elevados de ácido úrico (hiperuricemia). Em Portugal, estima-se uma prevalência de 1,6%. O ácido úrico é um produto do metabolismo das purinas, constituintes de todas as células do organismo e da maioria dos produtos alimentares. O seu excesso pode resultar da diminuição da sua excreção, do aumento da sua produção, ou ambos. Alguns alimentos e medicamentos tendem a aumentar os níveis de ácido úrico e podem causar ataques de Gota, tais como: consumo excessivo de alimentos ricos em purinas, como as carnes vermelhas e o marisco, excesso de bebidas alcoólicas, bebidas açucaradas, aspirina e alguns diuréticos e imunossupressores. Outros factores que podem desencadear uma crise aguda de Gota são: desidratação, exposição ao frio, doença aguda, traumatismo local ou um período pós-operatório. Esta doença afecta sobretudo homens e tem início habitualmente entre os 40 e os 60 anos, mas começa a ser cada mais frequente também no sexo feminino. As formas agudas da doença surgem como crises súbitas e autolimitadas de artrite, com dor articular muito intensa associada a sinais inflamatórios exuberantes (calor, rubor e tumefação) e têm início frequentemente durante a noite. A apresentação inicial mais comum é a inflamação de apenas uma articulação, nomeadamente a do primeiro dedo do pé (50% dos casos). Seguem-se, em menor frequência, os tornozelos, os joelhos, os punhos, os dedos e os cotovelos. A Gota tofácea crónica geralmente revela uma doença arrastada e com múltiplas crises agudas de Gota prévias e caracteriza-se pela presença de tofos gotosos, que correspondem a uma acumulação de depósitos de monourato de sódio nas articulações e que, a longo prazo, contribuem para a progressiva destruição articular. Os tofos são tipicamente encontrados nos pavilhões auriculares, no tendão de Aquiles, no cotovelo e nos dedos das mãos ou dos pés. Os objectivos do tratamento da Gota incluem o tratamento das crises agudas, a prevenção de novas crises, a redução da uricemia e a diminuição progressiva da quantidade total de uratos no organismo, melhorando assim as lesões resultantes da sua deposição nos tecidos. Existem diversas doenças que se associam a sintomas idênticos aos da Gota. Por esse motivo, uma história clínica detalhada, assim como um exame médico rigoroso, são elementos fundamentais para a obtenção de um diagnóstico correto.


NESTA SECÇÃO

A influência das redes sociais na sua relação

Uma pesquisa realizada pela revista “Time” e pela empresa de telecomunicações “Qualcomm”, mo...

Dormir melhor

Deita-se e levanta-se com dor nas costas? Sente que durante a noite as suas costas não recup...

Envelhecimento e sexualidade

A esperança média de vida em Portugal, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (I...