GNR apanha seis assaltantes de empresa e casas no concelho

A GNR da Batalha deteve três homens, com idades compreendidas entre 25 e os 34 anos, por furto qualificado numa unidade fabril do concelho.

No decorrer de uma ação de fiscalização rodoviária, no dia 25 de julho, os militares da GNR “abordaram um veículo, tendo constatado que no seu interior existia uma quantidade avultada de perfis em alumínio e várias baterias”, refere um comunicado do Comando Territorial de Leiria da GNR.

No decorrer da ação, “após diligências policiais, constatou-se que o material tinha sido furtado de uma unidade fabril de Casal de Canoeira, motivo que levou à detenção em flagrante delito dos suspeitos”.

Os detidos, “com antecedentes criminais por roubos com recurso a arma de fogo, tráfico de estupefacientes e falsificação ou contrafação de documentos”, foram presentes a primeiro interrogatório no Tribunal de Instrução Criminal de Leiria no dia 26 de julho, para aplicação de medidas de coação.

 

Furto em residência

Entretanto, o Núcleo de Investigação Criminal de Leiria da GNR deteve no dia no dia 11 de junho três homens, com idades compreendidas entre 35 e 44 anos, por furto numa residência no Concelho de Batalha.

No seguimento de uma investigação que decorria desde dezembro de 2021, por furtos em residências que ocorreram nos concelhos de Batalha, Leiria e Porto de Mós, “os militares da GNR localizaram os suspeitos enquanto realizavam um furto em residência, motivo que levou à sua detenção em flagrante delito”.

No seguimento da ação foi dado cumprimento a duas buscas domiciliárias, das quais resultou a apreensão de diversos artigos provenientes dos furtos perpetrados, nomeadamente: 250 mil euros em títulos de empresas (ações), artigos em ouro, no valor estimado de 20 000 euros, relógios no valor estimado de 4 000 euros, uma viatura e ferramentas usadas para a prática dos ilícitos.

Os detidos, com antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza, foram presentes a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Leiria, no dia 13 de junho, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.


NESTA SECÇÃO

Procissão dos Caracóis volta este sábado e mostra por que quer ser classificada

A Procissão dos Caracóis, que integra a Festa de Nossa Senhora do Fetal, regressa este sábad...

“30 anos de FIABA. Três décadas a abraçar a tradição” do artesanato à gastronomia e música

A 30ª edição da Feira de Artesanato e Gastronomia da Batalha – Mostra do Mundo Rural (FIABA)...

Suspensa pesquisa e exploração de pedreiras na freguesia de Reguengo

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) prorrogou a suspensão...