Fundação Pan Am visita painel publicitário único

O diretor da conceituada da Fundação Histórica Pan Am, Peter Leslie, esteve no dia 8 deste mês na Batalha, no âmbito de uma sessão de trabalho relativa ao painel publicitário em azulejo da antiga companhia de aviação, existente na encosta nascente de Reguengo do Fetal, em processo de classificação pela Direção Geral do Património Cultural.

Segundo um comunicado do município, Peter Leslie “mostrou-se extremamente agradado com o interesse da autarquia na preservação da magnífica estrutura”, construída com mais de quatro mil azulejos pintados à mão, ocupando uma área de 92 metros quadrados.

O interesse na preservação deste antigo painel publicitário, datado da década de 50 do século passado, já tinha suscitado, em 2015, a atenção da fundação, pela voz de Doug Miller, que considerou fazer “absolutamente todo o sentido que o painel seja preservado”.

A manutenção do painel “é ainda mais importante, atendendo o facto de apenas ser conhecido em Portugal um segundo painel publicitário, com características semelhantes, localizado na freguesia de Oliveirinha, no Concelho de Aveiro”, refere a autarquia.

O interesse Fundação Histórica Pan Am “evidencia bem a componente da expressão de memória da antiga companhia aérea que marcou a aviação comercial do século passado e que estamos apostados em preservar e promover naquele país”, refere o presidente da Câmara da Batalha, Paulo Batista Santos.

A autarquia pretende, após o fim do processo de classificação da estrutura, proceder à sua recuperação, “tendo já encetado conversações com a empresa que adquiriu a antiga fábrica de azulejos”, sediada na localidade de Esgueira, em Aveiro.


NESTA SECÇÃO

Bolsas duplicam para alunos que forem para os Açores

A Câmara da Batalha anunciou que vai duplicar o valor das bolsas de estudo a atribuir aos jo...

Escola requalificada abre portas a projeto sempre inacabado

A obra de requalificação da Escola Básica e Secundária da Batalha foi inaugurada no dia 7 de...

Casal de burlões condenado por arrendar casas alheias

O Tribunal de Leiria condenou um casal residente no Concelho da Batalha a sete anos de prisã...