João Ramos

Fisioterapeuta

Fisioterapia no domicílio

Neste mês de setembro o assunto abordado é o serviço de fisioterapia no domicílio, os seus objetivos, vantagens e patologias/casos clínicos a quem se destina.

A valência da fisioterapia no domicílio tem vindo a crescer no nosso país, dada a importância do contexto domiciliar para a abordagem de determinadas patologias. Felizmente, cada vez mais os pacientes e os seus cuidadores estão informados dos benefícios deste tipo de serviço e, são cada vez mais os profissionais que se dedicam a ao mesmo. Neste ambiente mais próximo da realidade do dia-a-dia do paciente, o fisioterapeuta elabora uma avaliação, diagnóstico e plano de tratamento. Assim é proporcionado um tratamento personalizado, no conforto do seu lar e mais vantajoso para o paciente que se encontra em situação de restrição da mobilidade no leito e/ou na incapacidade de se deslocar a uma clínica especializada para o seu caso clínico.

A abordagem dos cuidados no domicílio vem exigir do profissional o desenvolvimento de um olhar mais ampliado, para que compreenda o contexto e as nuances das relações parentais, para programar uma metodologia de tratamento em conjunto com a família.

A prestação de cuidados de fisioterapia é importante no aumento, ou pelo menos na manutenção, da funcionalidade dos idosos e consequentemente beneficiar a autonomia, independência e qualidade de vida desta população. Contudo não se destina apenas à população idosa.

Vantagens do serviço de fisioterapia no domicílio: não necessita de transportes, flexibilidade de horários, acompanhamento mais próximo do contexto real do paciente, maior conforto e segurança, tratamento individualizado e personalizado.

Algumas das patologias acompanhadas no domicílio são: reabilitação de cirurgias ortopédicas, tal como colocação de prótese da anca ou do joelho; reabilitação de quadros clínicos neurológicos, entre eles AVC, paraplegias e petraplegias, esclerose múltipla; geriatria, reabilitação respiratória.

Em caso de dúvida consulte um fisioterapeuta que informará de tudo sobre o processo de acompanhamento.


NESTA SECÇÃO

Casos de obesidade infantil caem 7% nas escolas do concelho

O projeto de combate à obesidade infantil “Batalha Saudável”, que envolve mais de 750 alunos...

CIMRL defende remodelação de urgências hospitalares

O Conselho Intermunicipal da Comunidade Intermunicipalda Região de Leiria, que integra o mun...

Um gabinete de saúde oral por agrupamento de centros

Perante um problema de saúde com forte expressão junto da população infantil e juvenil, foi ...