FIABA: mais um dia de artesanato e gastronomia

A 28ª FIABA – Feira de Artesanato e Gastronomia da Batalha começa esta quarta-feira, 30, com a presença de 60 artesãos de todo o país e 17 tasquinhas, e dura cinco dias, mais um do que nas últimas edições, durante os quais há diversos espetáculos musicais.

A feira, que deverá atrair 50 mil pessoas e se “assume como um dos eventos de referência a nível regional”, decorre até 3 de junho, no Largo Cónego Simões Inácio, contando também com a participação de 10 produtores do concelho na Mostra do Mundo Rural, que apresenta produtos como o mel, azeite, vinho, licores ou doçaria.

O serviço de gastronomia regional é assumido pelas associações do concelho, que servirão ao público iguarias tradicionais da região estremenha, enquanto no antigo campo de futebol será instalado um conjunto de equipamentos de diversão, como é o caso dos carroceis.

O espaço recebe as crianças da rede pública escolar no Dia Mundial da Criança (1 de junho), que terão entrada gratuita nos equipamentos.

Quanto à animação, varia entre os sons tradicionais e a música rock, com destaque para as participações de Us Sai de Gatas, Chaparral, David Antunes e, no último dia do certame, Augusto Canário.

Os visitantes podem ainda ver atuar os agrupamentos folclóricos do concelho o Grupo de Concertinas da Barrenta e o grupo de percussão Tocandar (Ver cartaz).

Finalmente, está instalada junto ao recinto da FIABA uma tenda eletrónica, com entrada gratuita, que oferecerá, após o encerramento diário da feira, um registo musical mais vocacionado para os jovens.

A 28ª FIABA é inaugurada esta quarta-feira, 30, pelas 18h30, estando prevista na cerimónia a assinatura dos protocolos de apoio ao associativismo do concelho.


NESTA SECÇÃO

Modelo para os efluentes suinícolas “desresponsabiliza os produtores”

O presidente da Câmara Batalha “não acredita na solução” apresentada pelo Governo para o tra...

Agredia e ameaçava de morte a mãe há uma década

Um homem foi detido pela GNR esta quarta-feira, 11, no Concelho da Batalha sob suspeita de a...

Padre deixa a Batalha após 38 anos na paróquia

O padre José Gonçalves deixa a Batalha, 38 anos após ter assumido os destinos da paróquia, n...