Família Monteiro juntou-se para homenagear a “Parteira do povo”

A família de Maria Bento de Jesus, conhecida por "Parteira do povo" ou “Maria do sinal”, prestou-lhe uma homenagem no dia 2 de abril, data em completaria 114 anos de idade.

Este foi o 2° Encontro da Família Monteiro, o primeiro após a homenagem prestada a Maria Bento de Jesus, realizada a 25 de julho de 2021, e decorreu sob o mote "Vamos ajudar a Ucrânia".

O evento começou com colocação de um arranjo de flores junto à estrutura de homenagem à " A parteira do povo", situada no largo Rancho Lavadeiras do Lena, na Golpilheira, seguido de um minuto de silêncio.

Às 13h00 começou o convívio, com almoço partilhado e visualização de filmes alusivos a Maria Bento de Jesus e sua família. Estiveram presentes filhos, sobrinho, netos, bisnetos e trinetos de “Maria do sinal”.

“A causa deste ano juntou uma apreciável quantidade de bens essenciais destinados à Ucrânia e aos refugiados, que foram entregues no ponto de recolha mais próximo”, explicou Joaquim Monteiro, adiantando que “este evento passará a ser anual, sempre com uma causa solidária associada”.

“No futuro, se a pandemia deixar, será alargado a toda a família e amigos com o objetivo de dar conhecimento de todos os seus feitos solidários”, adiantou.

“Maria do sinal” nasceu em Casal do Carvalhal (Carvalhal do Picoto) a 2 de abril de 1908, onde viveu a infância, e faleceu no Casal Mil Homens a 11 de novembro de 1972.

Entre outras facetas, destacou-se como parteira. Uma percentagem elevada de crianças da Golpilheira e localidades vizinhas nasceu com a ajuda do seu saber e “mãos delicadas”.

Além do monumento com a imagem da “Parteira do Povo”, a homenagem realizada no ano passado incluiu o lançamento de um livro. O autor, Joaquim Monteiro, contou com a participação de familiares e revela, em forma de poesia, a história de Maria Bento de Jesus. A homenageada ficou conhecida pela sua generosidade para com os outros, notabilizando-se como parteira e amiga do próximo, praticando a caridade junto da população da Golpilheira.


NESTA SECÇÃO

Procissão dos Caracóis volta este sábado e mostra por que quer ser classificada

A Procissão dos Caracóis, que integra a Festa de Nossa Senhora do Fetal, regressa este sábad...

“30 anos de FIABA. Três décadas a abraçar a tradição” do artesanato à gastronomia e música

A 30ª edição da Feira de Artesanato e Gastronomia da Batalha – Mostra do Mundo Rural (FIABA)...

Suspensa pesquisa e exploração de pedreiras na freguesia de Reguengo

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) prorrogou a suspensão...