Faleceu o acordeonista Vergílio Pereira

O acordeonista Vergílio Pereira, considerado um dos melhores executantes nacionais, que colaborou nos ranchos folclóricos Rosas do Lena, Batalha, e da Maceira, Leiria, faleceu aos 65 anos este sábado, 16, no Hospital de Santo André, em Leiria.

Vergílio José Pereira era um “excelente músico, mas sobretudo um grande intérprete e defensor da música popular portuguesa, e um compositor apaixonado pelas linhas melódicas tradicionais”, como refere a Discotoni, editora de alguns dos seus trabalhos.

Natural e residente em Arnal, na freguesia da Maceira, iniciou a sua atividade musical aos nove anos na centenária filarmónica maceirense e colaborou em ranchos folclóricos da região de Leiria, sendo de destacar o Rosas do Lena e o da Maceira.

No período em que cumpriu o serviço militar integrou o grupo de variedades "Alerta Está", da Região Militar de Lisboa, que reuniu na década de 70 nomes famosos da música e da canção.

O acordeonista deixa perto de duas centenas temas musicais da sua autoria registados na Sociedade Portuguesa de Autores e gravados em cerca de 20 discos.

O funeral de Vergílio Pereira, que deixa mulher e duas filhas, realiza-se este domingo, 17, no cemitério da Batalha, após a celebração exequial na igreja paroquial da vila, pelas 14h30.

O corpo está em câmara ardente a partir das 11 horas na Casa Mortuária da Batalha.


NESTA SECÇÃO

Gabriel O Pensador é cabeça de cartaz na Batalha

O cantor, compositor e escritor brasileiro Gabriel O Pensador é o cabeça de cartaz das Festa...

Pão furado garante dois dias de festa na Lapa Furada

A Associação Cultural e Desportiva da Lapa Furada (ACDLF), em São Mamede, no concelho da Bat...

JB faz 28 anos: Um milhão de carateres de agradecimento

As primeiras palavras desta edição têm essencialmente três destinatários: os Leitores, Anunc...