Faleceu ex-presidente da Câmara da Batalha

A Câmara da Batalha decretou esta sexta-feira, 9, dois dias de luto municipal pelo falecimento do antigo presidente do município e provedor da misericórdia António de Almeida Monteiro.

O município “endereça à família sentidas condolências” pelo desaparecimento, esta sexta-feira, do engenheiro agrónomo, que também foi deputado no Parlamento na VIII Legislatura (1961-1965) e XI Legislatura (1973-1974).

António de Almeida Monteiro, natural de Santo Antão, “foi um destacado batalhense que ocupou, ao longo da sua vida, diversos cargos de relevo, com destaque para a presidência da câmara municipal , a provedoria da Misericórdia da Batalha e a Câmara Corporativa (órgão consultivo da Assembleia Nacional)”, enquanto vogal da direção da Federação dos Grémios da Lavoura da Estremadura, explica o município.

Nascido a 23 de agosto de 1922, era licenciado em agronomia, tendo publicado diversos trabalhos sobre a batalha de Aljubarrota e a história de Portugal.

O antigo autarca recebeu da Presidência da República a Comenda da Ordem de Cristo e foi distinguido com uma condecoração real pela Rainha Isabel II, de Inglaterra, em 1958.


NESTA SECÇÃO

Festas da Batalha atraíram 60 mil pessoas

As Festas da Batalha, que terminaram este domingo, 18, “terão atraído à vila mais de 60 mil ...

28º Jantar da diáspora batalhense marcado para 16 de novembro

No 28º Jantar Anual de Confraternização da Diáspora Batalhense está marcado para o dia 16 de...

“O voluntariado não é receita para uma depressão”

“O voluntariado não é receita para uma depressão ou para ocupar os tempos livres, é um exerc...