Faleceram mais duas pessoas no concelho com Covid-19

O número de pessoas falecidas no concelho da Batalha com Covid-19 aumentou para 24 no último mês, segundo o boletim sobre a pandemia divulgado, a 13 de dezembro, pelo Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Leiria.

No distrito de Leiria já não há concelhos sem registo de falecimentos, apresentando Castanheira de Pera (5) Pedrógão Grande (6), e Alvaiázere (22). No caso da Batalha, há ainda a registar a morte de um cidadão natural do município, mas residente no distrito de Aveiro.

O concelho de Leiria apresenta o maior número de vítimas mortais (188), seguindo-se Caldas da Rainha (136) e Pombal (111).

No que respeita aos casos ativos, a Batalha apresenta 155 (eram 109), havendo quatro concelhos com números inferiores. O município de Alcobaça concentra 1.685 situações, seguindo-se Caldas da Rainha (1.338) e Leiria (1.187).

Desde o início da pandemia, registaram-se 1.685 infetados confirmados no concelho da Batalha. Os municípios de Castanheira de Pera (245), Pedrógão Grande (356) e Figueiró dos Vinhos (630) são os menos afetados. Pelo contrário, Leiria (14.187), Alcobaça (8.050) e Caldas da Rainha (6.867) e apresentam o maior número de pessoas infetadas desde março de 2020.

Note-se que a última atualização do Agrupamento de Centros de Saúde do Pinhal Litoral (Batalha, Leiria, Marinha Grande, Pombal e Porto de Mós) é de 8 de janeiro.

Entretanto, entraram em vigor, dia 14 de janeiro, novas regras para regras para conter a Covid-19. O teletrabalho passou a ser recomendado e apenas pessoas com teste positivo ou coabitantes é que precisam de se isolar. As pessoas que receberam a dose de reforço há mais de 14 dias estão isentas.

Os bares e as discotecas reabriram. Os clientes têm de apresentar um teste negativo à Covid-19, um certificado de recuperação ou prova de vacinação com a dose de reforço há mais de 14 dias. Todas as pessoas que tenham a dose de reforço há mais de duas semanas deixarão de ter de fazer teste. O Governo decidiu manter a proibição de consumo de bebidas alcoólicas na via pública. As restrições nas fronteiras mantêm-se.


NESTA SECÇÃO

Procissão dos Caracóis volta este sábado e mostra por que quer ser classificada

A Procissão dos Caracóis, que integra a Festa de Nossa Senhora do Fetal, regressa este sábad...

“30 anos de FIABA. Três décadas a abraçar a tradição” do artesanato à gastronomia e música

A 30ª edição da Feira de Artesanato e Gastronomia da Batalha – Mostra do Mundo Rural (FIABA)...

Suspensa pesquisa e exploração de pedreiras na freguesia de Reguengo

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) prorrogou a suspensão...