Exposição liga Batalha aos principados romenos

Está patente no mosteiro uma exposição intitulada “Os principados romenos no tempo da construção da Batalha”, que “apresenta uma seleção espetacular de artefactos dos séculos XIV-XVI, provenientes do tesouro MNIR [Museu Nacional de História da Roménia] e feitos na Transilvânia, Moldávia e Valáquia”.

A exposição está patente na Capela do Fundador, até 31 de outubro, e foi organizada pela embaixada da Roménia, em parceria com o Mosteiro da Batalha, MNIR de Bucareste, Instituto Cultural Romeno e a Câmara da Batalha.

Dos pratos decorados com aves, de inspiração bizantina, até às peças de ourivesaria religiosa feitas em oficinas da Transilvânia pelos artesãos que seguiam modelos ocidentais, os objetos apresentados nesta exposição ilustram a vida quotidiana do homem medieval, tanto na sua vertente religiosa, como também na laica e áulica.


NESTA SECÇÃO

Alberto Sardinha, uma das maiores figuras da cultura em Portugal

Círio   Caminho a descontar pecados em cada passo, em busca do santo da minh...

Nos 521 anos da Vila e do Município da Batalha

  A Pomba (Sobre o poema “o Arco” do poeta hispano-árabe de Múrcia Al-Buqayra, do sécu...

Concelho recebe espetáculos para promover património da humanidade

A candidatura “Lugares Património Mundial do Centro – Rede Cultural 2.0”, submetida pelo Mun...