Exposição liga Batalha aos principados romenos

Está patente no mosteiro uma exposição intitulada “Os principados romenos no tempo da construção da Batalha”, que “apresenta uma seleção espetacular de artefactos dos séculos XIV-XVI, provenientes do tesouro MNIR [Museu Nacional de História da Roménia] e feitos na Transilvânia, Moldávia e Valáquia”.

A exposição está patente na Capela do Fundador, até 31 de outubro, e foi organizada pela embaixada da Roménia, em parceria com o Mosteiro da Batalha, MNIR de Bucareste, Instituto Cultural Romeno e a Câmara da Batalha.

Dos pratos decorados com aves, de inspiração bizantina, até às peças de ourivesaria religiosa feitas em oficinas da Transilvânia pelos artesãos que seguiam modelos ocidentais, os objetos apresentados nesta exposição ilustram a vida quotidiana do homem medieval, tanto na sua vertente religiosa, como também na laica e áulica.


NESTA SECÇÃO

Jogos tradicionais do povo (III)

Antes de me referir ao jogo escolhido para este número, o Jogo do Pau, regresso ao Jogo do M...

Alunos inspiram-se no mosteiro para produzir obras de arte

Uma turma de 14 alunos da Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha (ESAD.CR)/P...

Jogos tradicionais do povo (II)

Em Setembro de 2006 publiquei nesta secção um apontamento sobre os jogos populares. Este seg...