Exposição liga Batalha aos principados romenos

Está patente no mosteiro uma exposição intitulada “Os principados romenos no tempo da construção da Batalha”, que “apresenta uma seleção espetacular de artefactos dos séculos XIV-XVI, provenientes do tesouro MNIR [Museu Nacional de História da Roménia] e feitos na Transilvânia, Moldávia e Valáquia”.

A exposição está patente na Capela do Fundador, até 31 de outubro, e foi organizada pela embaixada da Roménia, em parceria com o Mosteiro da Batalha, MNIR de Bucareste, Instituto Cultural Romeno e a Câmara da Batalha.

Dos pratos decorados com aves, de inspiração bizantina, até às peças de ourivesaria religiosa feitas em oficinas da Transilvânia pelos artesãos que seguiam modelos ocidentais, os objetos apresentados nesta exposição ilustram a vida quotidiana do homem medieval, tanto na sua vertente religiosa, como também na laica e áulica.


NESTA SECÇÃO

Uma petição a D. Maria II para que aumentasse o território do concelho da Batalha

O século XIX foi bastante atribulado para Portugal. No primeiro decénio com o terror das inv...

Conservatório com dança pela Academia Arabesque

O Conservatório de Música e Artes do Centro (CMAC) concretizou um protocolo com a Academia A...

"A Visita do Marquês" promove património junto dos estudantes

O Auditório do Mosteiro da Batalha recebeu no dia 19 de setembro a sessão de apresentação da...