José Travaços santos

Baú da Memória

Evocação de João Madeira Martins

 

Figura interessantíssima e muito original, João Madeira Martins, natural de Minde, instalou em sua casa, em Odivelas, quando passou à reforma como funcionário superior dos Correios, uma tipografia apenas para editar uma invulgar colecção de pequenos livros e opúsculos sobre figuras e obras, recordações e factos históricos de Minde, da Alta Estremadura, do nosso País.

Ele investigava, recolhia, compunha e imprimia. Frequente no Arquivo da Torre do Tombo, aí recolheu um extenso rol de informações de grande interesse, muitas inéditas, que depois generosamente nos dava a conhecer. Este foi o caso do livrinho, cuja capa ilustra este apontamento.

São centenas de trabalhos, entre os quais há constantes referências a vultos nacionais e regionais, reproduzindo parcelas significativas das suas obras ou das suas biografias. Entre muitos, outra grande figura das Letras, muito particularmente do Jornalismo, Adelino Mendes, natural do Reguengo do Fetal, de quem nos dá a conhecer a sua faceta como poeta.

Repito uma sugestão que fiz há anos: na impossibilidade de erguer um monumento a cada um, nas suas sedes de concelho poder-se-ia evocá-los numa placa onde, além de se inscrever o seu nome e as datas do nascimento e da morte, se indicaria aquilo em que se notabilizaram. Uma placa comum, já se vê.

Até lá, contaremos com a preciosa colecção composta e impressa pelo saudoso João Madeira Martins.


NESTA SECÇÃO

HCESAR

Uma secretária de aço inoxidável com tampo de madeira, robusta como um charuto cubano, inaba...

Novas medidas destinadas às empresas e ao emprego

  O Conselho de Ministros aprovou um conjunto de apoios em matéria de arrendamento não ha...

Bontempo, o eterno renovador

  Comemora-se neste ano de 2021 duzentos e cinquenta anos sobre o nascimento do grande pi...