Estudo sobre qualidade destaca município

A Câmara da Batalha encontra-se na 12ª posição em termos nacionais na dimensão “Estabilidade Política”, sendo classificado como autarquia “líder” nos indicadores “Voz dos Cidadãos e Prestação de Contas” e “Estado de Direito e Prevenção da Corrupção”, num estudo divulgado em novembro relativo à qualidade da governação dos municípios.

O município regista ainda uma classificação “boa” nas dimensões do “Acesso e Regulação do Mercado” e “Governação Local”, no estudo realizado Fundação Francisco Manuel dos Santos e coordenado por Luís de Sousa, do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa e por António Tavares, da Universidade do Minho.

“Este estudo é um contributo positivo para avaliar a evolução registada pelo poder local, principalmente motivar um maior envolvimento dos munícipes e entidades locais na gestão local que ainda fica aquém do esperado”, considera o presidente da câmara municipal.

“Há vários anos que a autarquia promove projetos de reforço da participação cívica e tem pugnado por critérios de gestão transparente reconhecidos por várias entidades, todavia é um objetivo que nunca está concluído e, nessa medida, é uma exigência dar continuidade às melhores práticas de gestão pública”, acrescenta Paulo Batista Santos.


NESTA SECÇÃO

Orçamento participativo com 12 propostas em votação

A câmara municipal revelou esta quinta-feira, 21, que o Orçamento Participativo da Batalha c...

“Joia da Batalha” quer ser uma das “7 Maravilhas”

O Mosteiro do Leitão candidatou ao concurso “7 Maravilhas Doces de Portugal” um doce que bat...

Projetos do concelho no prémio “Ciência na Escola”

Três projetos de alunos do Concelho da Batalha passaram à fase de desenvolvimento da 16ª edi...