Escuteiros ajudam região a partir da Batalha

A Quinta do Escuteiro na Quinta do Sobrado (Batalha) recebeu a quarta edição da atividade “24 Às Cegas”, que tem como principal objetivo a prestação de serviços à comunidade no distrito de Leiria.

A iniciativa, que decorreu nos dias 31 de agosto e 1 e 2 deste mês de setembro, contou com a participação de 56 escuteiros das regiões de Leiria-Fátima, Guarda, Braga, e Portalegre e Castelo Branco.

Os escuteiros, divididos por grupos, prestaram seis ações de serviço nos concelhos de Porto de Mós, Marinha Grande, Ourém e Leiria.

A escuteira do agrupamento 127 Sé-Leiria, Joana Monteiro, participou pela primeira vez. “Inscrevi-me por ser uma atividade nos dá muito segundo todos os que já participaram. Fui às cegas e dei o melhor de mim para conseguir deixar o local por onde passámos um pouco melhor do que o encontrámos”, diz a jovem.

“Vivi com orgulho todos os momentos e descobri que há um pouco mais para dar em cada um de nós quando nos deixamos crescer”, adianta Joana Monteiro.

No concelho de Porto de Mós, os escuteiros colaboraram no “Projeto Alecrim - Vamos Cair Serro Ventoso!”, o que permitiu “avançar muito no objetivo de tornar a rua principal mais bonita e airosa".

Na Marinha Grande procederam à limpeza da mata e colaboraram da limpeza e manutenção do gatil e canil da Associação Protetora de Animais da Marinha Grande (APAMG).

Em Fátima limparam e remodelaram o telhado de uma habitação privada, em continuação do trabalho realizado na edição anterior.

Na Caranguejeira, por indicação da Cáritas Diocesana de Leiria-Fátima fizeram o teto falso de uma habitação privada e, na Maceira, ajudaram na recuperação de fontes, assim como noutros trabalhos nas Nascentes de Luz - Associação de Apoio à Família.


NESTA SECÇÃO

Apreendidas armas a suspeito de bater na mulher

A GNR apreendeu 14 armas a um homem residente no Concelho da Batalha, que está a ser investi...

Concelho recusa plantação de mais 20 hectares de eucalipto

A Câmara da Batalha “discorda” da proposta de Plano de Ordenamento Florestal do Centro Litor...

Município pede empenho do governo numa solução para a despoluição

A Câmara da Batalha solicitou ao primeiro-ministro, no início deste mês, “a clarificação da ...