Escritor batalhense apresenta "As Portas do Mundo"

O escritor batalhense Rui Ruivo apresenta o seu segundo livro, "As Portas do Mundo", no domingo, 29, no Auditório São Nuno Santa Maria - Centro Paroquial da Batalha.

A obra, que sucede a “Perdão Sem Julgamento”, publicada em 2014 – ambas sob chancela da Chiado Editora -, é apresentada a partir das 16 horas e já está disponível em diversas lojas na Internet e físicas em todo o país.

“Quando uma porta se encontra fechada, algo obscuro ela encerra. Deixamos de ver o que estará por detrás dela. Mas magistralmente uma outra se abre é aí que entra a nossa liberdade, a nossa inteligência e, aqui sim deve de entrar também o nosso coração para desvendarmos da melhor maneira o que essa porta acaba de nos escancarar”, lê-se na sinopse do livro.

Rui Ruivo envolveu-se indiretamente no grupo de teatro amador da Rebolaria, onde nasceu, e foi aí o ponto de partida para o seu percurso cultural. Escrever letras para as suas canções, foi a sua paixão logo aos dezoito anos.

É elemento de dois grupos de música tradicional da Batalha, há mais de 25 anos, membro da Sociedade Portuguesa de Autores, desde 1991, e da direção de Santa Casa da Misericórdia da Batalha.

“A escrita romantizada aparece anos mais tarde, como uma necessidade de libertar ideias formatadas, equiparando-as quer à realidade atual, quer à realidade memoriada. Mais do que um contador de histórias, o autor procura através delas, introduzir as suas opiniões”, refere o site da Chiado Editora.

O livro em papel custa 14 euros e versão digital (ebook) três euros.


NESTA SECÇÃO

Destino de alguns valores do Mosteiro de Santa Maria da Vitória

Universalidade de Portugal Não sei se Portugal pode cumprir outra missão, servir ou...

Exposição liga Batalha aos principados romenos

Está patente no mosteiro uma exposição intitulada “Os principados romenos no tempo da constr...

Infante D. Henrique, Imperador de novos mares e de novos céus

Infante D. Henrique   “Talant de bien faire”   Tive a vocação do bem.   ...