Empresas do concelho investem 1.334 euros por habitante

Há um total de 38 projetos aprovados, no valor de 21,078 milhões de euros, apoiados em 13,878 milhões de euros por fundos comunitários. O investimento previsto pelas empresas e outras organizações do concelho da Batalha, no âmbito dos projetos aprovados pelos programas de apoio comunitário Centro 2020 e Compete 2020, corresponde a 1.334 euros por cada habitante, de acordo com os dados disponíveis em meados deste mês.

O concelho tem aprovados 32 projetos no domínio do Centro 2020, que preveem um investimento global de 16,939 milhões de euros e um apoio da Europa de 11,263 milhões de euros. Já o Compete 2020 disponibiliza 2,615 milhões de euros para seis iniciativas empresariais no valor de 4,139 milhões de euros.

Ou seja, estamos a falar num total de 38 projetos aprovados, no valor de 21,078 milhões de euros, apoiados em 13,878 milhões de euros por fundos comunitários; significando o investimento 1.334 euros por cada habitante do concelho (15.805 moradores, segundo o Censos 2011).

No caso do Centro 2020, a Câmara da Batalha, com quatro projetos aprovados, no valor de 4,821 milhões de euros, lidera claramente a tabela dos maiores investimentos. Entre os dez maiores projetos encontram-se ainda a Sá & Vieira (1,113 milhões de euros), Moldes D4 (1,052), Speedturtle (1,018), IRC (984 mil euros), Mundifer (970), Erofio Atlântico (938), Malhó Salgueiro (782) e Conmarfel (702). No caso do Compete 2020, que contempla apenas seis empresas do concelho, os investimentos mais significativos estão a cargo da Damásio II (3,036 milhões de euros), Marfilpe (613 mil euros) e Fapor (240).

As empresas que se candidataram a fundos do Compete 2020 pretendem investir em tecnoclogias na área dos produtos cerâmicos, criar novas marcas, implementar processos inovadores, reforçar e conquistar mercados externos.

Na área do Centro 2020 foram contemplados projetos sobre competitividade, internacionalização, desenvolvimento de produtos e serviços, aplicação de novos modelos empresariais, desenvolvimneto do potencial humano, investimento na educação, formação e formação profissional para aquisição de competências e aprendizagem ao longo da vida, e desenvolvimento das infraestruturas educativas e formativas.

O reforço da capacitação institucional das entidades regionais, melhoria do acesso às tecnologias da informação e da comunicação, bem como a sua utilização e qualidade, reforço das aplicações de TIC para a administração e aprendizagem em linha, infoinclusão, cultura e saúde em linha são outras áreas contempladas nos projetos aprovados.

Estes projetos visam ainda promover e dinamizar a empregabilidade, promover a sustentabilidade e a qualidade do emprego e apoiar a mobilidade laboral, adaptação dos trabalhadores, das empresas e dos empresários à mudança e desenvolver o potencial humano; bem como a investigação, desenvolvimento e inovação e o desenvolvimento tecnológico.

A promoção do investimento das empresas em inovação e investigação, o desenvolvimento de ligações e sinergias entre empresas, centros de I&D e o ensino superior, em especial no domínio de desenvolvimento de produtos e serviços, transferência de tecnologia, inovação social e aplicações de interesse público, também está contemplada nestas candidaturas.

Por fim, as empresas e organizações envolvidas pretendem afirmar a sustentabilidade dos territórios, preservar e proteger o ambiente e promover a eficiência energética, adotar medidas destinadas a melhorar o ambiente urbano, revitalizar as cidades, recuperar e descontaminar zonas industriais abandonadas, reduzir a poluição do ar e promover medidas de redução de ruído.


NESTA SECÇÃO

Bombeiros querem reforçar segurança e proximidade

As comemorações do 41º aniversário dos Bombeiros da Batalha, que decorreram no Reguengo do F...

Cooperação: Batalha em Cabo Verde à procura de negócios

Uma delegação do Município da Batalha, constituída por autarcas e empresários, visitou a Ilh...

Municípios da região reduzem preço dos passes em 50%

A Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria (CIMRL), que integra 10 municípios do centro...