Empresas conquistam 53 troféus PME Excelência e PME Líder

O estatuto PME Excelência e PME Líder 2020, que traduzem os melhores desempenhos económico-financeiros e de gestão, foi atribuído a 43 empresas do Concelho da Batalha, que ocupa a sexta posição entre os municípios do distrito.

A tabela é liderada por Leiria (340 troféus), seguindo-se Pombal (133), Alcobaça (116), Marinha Grande (74) e Caldas da Rainha (57). A Batalha é sede de 43 PME Líder, entre as quais foram eleitas 10 PME-Excelência.

Por outro lado, é o segundo município que mais cresceu em número de PME-Excelência (+4 prémios), face ao período homólogo anterior, o mesmo registo de Alcobaça e Peniche. A Nazaré é o município com um aumento mais significativo (7). No lado oposto, apresentam quebras a Marinha Grande (-5), Pombal (-3) e Leiria (-2).

Se a análise for percentual, o município da Batalha lidera o grupo dos que apresentam mais de 10 distinções, com um aumento de 66,7%, um resultado igual ao de Peniche. Seguem-se as Caldas da Rainha (20%) e Alcobaça (16%). Os únicos decréscimos do distrito verificam-se na Marinha Grande (-25%), Pombal (-9,4%) e Leiria (-2,6%).

Em termos médios nos últimos cinco anos, a Batalha mantém 6ª posição, com 9,2 galardões, atrás dos municípios que também comandam a tabela da edição de 2020. O distrito aumentou em 20 (10,3%) o número de PME-Excelência, com uma média do quinquénio de 182,4/ano.

Quanto às PME-Líder, o concelho apresenta mais cinco, o 7º maior aumento do distrito, que conta agora mais 80 empresas distinguidas que na edição anterior.

A nível distrital, o estatuto PME Excelência 2020 distinguiu 214 empresas, que representam um volume de negócios de 903,2 milhões de euros e empregam 6.380 trabalhadores, segundo a Agência para a Competitividade e Inovação (IAPMEI), que instituiu o prémio há 12 anos.

O resultado líquido das galardoadas somou 110,3 milhões de euros, um capital próprio de 515,1 milhões e as exportações foram no valor de 179,5 milhões de euros.

No ordenamento por distritos, Leiria está na quinta posição, com um peso de 7,5%, atrás de Porto, Lisboa, Braga e Aveiro; quatro regiões que no conjunto detêm 1.956 dos 2.865 estatutos PME-Excelência, com um peso de 68,30 no resultado nacional.

Estes dados significam um aumento de 10,3% no número de premiadas do distrito em relação a 2019 e um resultado acima da média do quinquénio (182,4 empresas/ano).

Na tabela dos concelhos mais importantes do distrito destacam-se Leiria, com 75 galardoadas, seguindo-se seis municípios com entre 29 e 10 distinções, incluindo a Batalha, nesta iniciativa desenvolvida pelo IAPMEI, em parceria com o Turismo de Portugal e entidades do sistema bancário.

As pequenas empresas dominam a listagem das distinguidas (72,4%), sendo a maioria dos sectores da indústria (36%), comércio (29,9%) e turismo (11,2%). Os subsectores mais representados são as industrias transformadoras (31,4%), comércio por grosso e a retalho; reparação de veículos automóveis e motociclos (29,9%), e o alojamento, restauração e similares (11,2%).

A nível nacional, o número de empresas PME-E “aumentou de forma exponencial” de 2009 (376) para 2020 (2.865), “pese embora os desafios colocados pela conjuntura económica, nem sempre favorável, e a exigência reforçada em termos de critérios de seleção”, refere o IAPMEI em comunicado.

Entre as empresas que conquistaram o estatuto, 601 são de média dimensão, 2.084 são de pequena dimensão e 180 são microempresas. Em conjunto, são responsáveis por 92.657 postos de trabalho e por um volume de negócios superior a 11 mil milhões de euros.

A maioria das empresas, que se “destacaram pelos melhores desempenhos económico-financeiros e de gestão”, desenvolvem atividade nos sectores do comércio (28%), da indústria (23,4%), e ainda no sector do turismo (17,9%).

No que respeita às PME Líder e à análise global do distrito, o conjunto das 745 empresas galardoadas com o estatuto referente a 2020 representa um volume de negócios superior a três mil milhões de euros (3,077), com as exportações a significarem 604 milhões de euros.

As distinguidas apresentam um resultado líquido de 232 milhões de euros e garantem emprego a 23.435 pessoas. O distrito de Leiria ocupa a quinta posição nacional, com 7,5% das marcas líder, numa tabela em que os primeiros lugares são ocupados pelas capitais do país e pela região norte.

A maior parte das empresas da região são pequenas (534), seguindo-se as médias(161) e as micro unidades (50); com a fileira da construção civil, incluindo o comércio e fabricação de materiais, a dominar a atribuição de galardões (119).

A seguir surgem os sectores da restauração, transportes rodoviários, comércio e manutenção de automóveis, plásticos e moldes metálicos, cada um com resultados na casa das três dezenas de distinções. Mais abaixo estão as farmácias, extração e fabricação de rochas naturais, cerâmica e a informática, que fecha a listagem das 10 atividades mais representadas.

A nível nacional o estatuto PME Líder foi alcançado por 9.955 empresas, um universo que aumentou substancialmente face ao ano anterior, verificando-se um acréscimo de 1.398 galardoadas.

Estas empresas atingiram um volume de negócios superior a 40 mil milhões de euros e são responsáveis por por 325.646 postos de trabalho, verificando-se um aumento de 34.836 comparativamente ao ano anterior.


NESTA SECÇÃO

Rendimento das famílias foi o que mais cresceu a nível distrital

As famílias do Concelho da Batalha foram, no distrito de Leiria, as que mais viram crescer o...

Aprovadas 15 candidaturas no valor de 30 mil euros

O Município da Batalha aprovou no dia 19 de abril as primeiras 15 candidaturas no âmbito do ...

Padaria Heleno oferece valor do IVA aos bombeiros

A Padaria Heleno vão dinamizar uma campanha solidária para ajudar bombeiros voluntários dos ...