Diogo Piçarra e Gisela João em formato adequado à pandemia

Mesmo com as limitações decorrentes da atual situação pandémica, as Festas da Batalha vão realizar-se nos dias 14, 15 e 16 de agosto.

O programa dos festejos compreende no feriado municipal, 14 de agosto, às 18h00, na Capela do Fundador a cerimónia evocativa da Batalha de Aljubarrota, seguindo-se a apresentação do novo autocarro escolar do município.

Pelas 18h30, terá início a sessão solene no Claustro Real dedicada à “importância do processo de descentralização e da boa articulação entre as administrações central e local”.

Pelas 21h30 decorrerá o concerto acústico com Diogo Piçarra, nas Capelas Imperfeitas, com transmissão online através da página do Facebook do município, terminando os festejos com uma sessão de fogo de artifício.

No dia seguinte, 15 de agosto, feriado nacional, realizar-se-á uma caminhada, com cinco quilómetros, com partida e chegada à Praça Mouzinho de Albuquerque e cujas inscrições, gratuitas e limitadas, deverão ser efetuadas através do email cultura@cm-batalha.pt.

Pelas 19h30, o Claustro Afonso V recebe a sessão de lançamento do novo vinho DOC da Adega Cooperativa da Batalha “Batalha Real”, numa “produção que aposta em castas selecionadas, resultando num vinho de qualidade superior”.

Pelas 21h30, realiza-se o Claustro Real, o concerto de Gisela João, um dos nomes maiores do fado nacional, com diversas distinções recebidas, com destaque para o Globo de Ouro - Melhor Intérprete Nacional.

Atendendo às diversas limitações que se verificam quanto à participação em eventos culturais, as inscrições para assistir presencialmente aos concertos serão disponibilizadas na plataforma www.batalhaonlife.pt.

Ainda será possível assistir também aos concertos ao ar livre, transmitidos em ecrã gigante na Praça do Condestável em zona a instalar propositadamente para o efeito e com serviço de bar, sendo necessário proceder à reserva de mesas e de lugares sentados, através da mesma plataforma.

O programa das Festas da Batalha compreende ainda no dia 16 de agosto, às 15h00, no posto de turismo, a apresentação da obra “Fotografar o Tempo: Da Casa Alvão à Atualidade”, que incluirá uma visita guiada ao mosteiro.


NESTA SECÇÃO

Município garante testes à Covid-19 em escolas e lares

A autarquia acordou com a Cruz Vermelha a realização mil testes rápidos à Covid-19, pelo mét...

"BA5: aviação civil é um desígnio do centro de Portugal”

O Conselho Estratégico para o Desenvolvimento Intermunicipal (CEDI) da Comunidade Intermunic...

Protestos contra o fecho da extensão de saúde do Reguengo

Há seis extensões de saúde encerradas na região, incluindo a do Reguengo do Fetal, no âmbito...