Covid-19: Batalha instala segundo centro de acolhimento

“Este espaço pode acolher doentes em recuperação da Covid-19, pessoas com sintomas ligeiros, ou servir apenas para situações de quarentena”, explica o presidente da autarquia, Paulo Batista Santos.

O espaço dispõe de condições para refeições, balneários e consultório médico, e será colocado à disposição das entidades de saúde locais. O pavilhão gimnodesportivo alberga o outro centro de acolhimento.

Entretanto, a Câmara da Batalha procedeu à entrega de diverso material de proteção individual à GNR e ao lar do Reguengo do Fetal (150 viseiras, 10 mil luvas látex e 50 litros de gel desinfetante).

No refeitório do Agrupamento de Escolas da Batalha foram entregues materiais descartáveis para garantir a possibilidade de funcionar em regime de “take-away”.


NESTA SECÇÃO

“Casa Vitral – Uma casa para todos” vence Orçamento Participativo

O projeto inclusivo “Casa Vitral – Uma casa para todos”, apresentado pelo Agrupamento de Esc...

Peregrinação de outubro fez lembrar os dias das grandes multidões em Fátima

O Papa evocou no dia 13 de outubro, no Vaticano, a sexta aparição de Nossa Senhora aos Pasto...

Concelho disponível para receber famílias do Afeganistão

A Câmara da Batalha, em parceria com empresas, manifestou no dia 23 de agosto junto do Gover...