A Opinião de Romeu Soares

Brand manager

Continuar a apoiar o associativismo sem procurar mediatismo

Onde estava e o que fazia há 30 anos?

Há 30 anos, residia na casa dos meus pais no Reguengo do Fetal e encontrava-me a estudar no Agrupamento de Escolas da Batalha

 

Em sua opinião quais as principais mudanças que vão marcar os próximos 30 anos?

A sociedade adaptar-se-á às distancias e ao caminho rumo à economia digital. Haverá uma preocupação acrescida quanto à sustentabilidade dos recursos naturais e a economia circular, pois o Mundo forçará essa necessidade.

Haverá uma tendência mais conciliadora quanto à preservação das relações sociais e de partilha.

 

Qual deve ser a principal prioridade no Concelho da Batalha para os próximos 30 anos e que medidas devem ser tomadas no imediato para cumprir esse objetivo?

Deve continuar a ser pioneiro e proativo na implementação de novas tecnologias ao serviço das populações e da economia.

Deve continuar a apoiar o associativismo sem procurar mediatismo.

Deve continuar a promover o turismo e a valorizar o património mundial – Mosteiro da Batalha.

Nota – Refiro sempre continuar, porque o município tem implementado grande parte do que refiro.

 


NESTA SECÇÃO

IVA da eletricidade baixa para a taxa intermédia de 13%

IVA da eletricidade baixa para a taxa intermédia (13%) em dezembro de 2020. Serão aplicadas ...

A importância de uma rede social eficaz

Onde estava e o que fazia há 30 anos? Esta edição do Jornal da Batalha assinala mais um a...

O que quebra um vime, não quebra um feixe

Quanto tempo tem 30 anos. A resposta é impossível. As nossas experiências, a maneira como as...