Contas aprovadas com resultado de exploração positivo

A câmara da Batalha “vive uma situação financeira saudável e apresenta meios libertos positivos que serão aplicados em novos projetos de investimento e reforço de medidas de apoio social à população”, revelou a autarquia.

“O município regista indiciadores de uma situação económica e financeira equilibrada – por exemplo, o cash-flow gerado em 2019 (dois milhões de euros) é superior ao valor das dívidas a terceiros a curto prazo, que ascendiam a 1,4 milhões de euros”, explica em comunicado, assinalando também “o facto de o rácio de autonomia financeira apresentar um valor bastante significativo, a rondar os 70%”.

O prazo médio de pagamentos situa-se em 16 dias, o que coloca o município nos níveis mais baixos do ranking do sector autárquico, em 2019, não registando ainda quaisquer dívidas em atraso”.

A taxa de execução orçamental situa-se em 86,4%, “o que reflete um desempenho positivo e acima do valor de referência previsto na Lei das Finanças Locais (85%), bem como apresenta um desempenho económico estruturalmente equilibrado”, destaca o município, garantindo que “mantém a sua capacidade de assegurar a cobertura das despesas de funcionamento (obrigatórias), através de receita própria”.

A receita fiscal regista uma ligeira diminuição de -1,9%, face ao ano anterior, reflexo da política de estabilidade fiscal do município, bem como da execução orçamental de 2019 com um reforço do investimento nas áreas da educação (23%) e do ambiente (29%).


NESTA SECÇÃO

Município garante “contas saudáveis” para manter impostos

A Assembleia Municipal da Batalha (AMB) aprovou por unanimidade no dia 30 de setembro a manu...

Empreendedores incubam na Casa do Conhecimento

A Casa do Conhecimento e da Juventude acolhe desde o dia 16 de outubro cinco projetos de emp...

Contribuintes do concelho com rendimentos acima do país

O rendimento bruto deduzido o IRS declarado pelos contribuintes do concelho da Batalha é de ...