Concelho é o único do distrito que cresceu

A população do concelho aumentou 0,01% entre 2011 e o ano passado, de acordo com o estudo “Retrato Territorial de Portugal”, divulgado no dia 11 deste mês de outubro pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

A Batalha é um dos 34 municípios, num total de 308, cuja população cresceu, e o único no distrito de Leiria a obter um resultado positivo. Aquando da realização do último censo, em 2011, tinha 15.805 habitantes.

Os dados do INE “destacam igualmente a proporção mais elevada de mulheres em idade fértil, face ao total de população residente feminina, o que perspetiva um bom indicador futuro ao nível da fecundidade” no concelho, refere um comunicado do município.

No que respeita à diferenciação territorial do turismo, outro aspeto analisado pelo estudo, o concelho tinha em 2016 o resultado mais elevado da região de Leiria no número de dormidas por 100 habitantes.

“Os indicadores agora conhecidos confirmam as perspetivas positivas que temos registado ao nível da fixação de novas famílias, da boa capacidade de empregabilidade das empresas e dos níveis de qualidade de vida que a Batalha conheceu no período analisado pelo estudo do INE”, considera o presidente da câmara.

“O facto de registarmos crescimento populacional e mantermos boas referências ao nível da fecundidade, reforçam a necessidade dos investimentos que estamos a realizar nas áreas da educação e de apoio às famílias com filhos”, adianta Paulo Batista Santos.

Noutro âmbito do estudo, sobre a competitividade e inovação nas regiões, Leiria, a par da área metropolitana de Lisboa, Alentejo Litoral e Algarve eram as únicas sub-regiões que em 2015 superavam o valor médio nacional do PIB per capita.

O “Retrato Territorial de Portugal” é dedicado ao estudo de três temáticas: a diferenciação territorial do turismo, a sustentabilidade demográfica dos territórios e a competitividade e a inovação nas regiões portuguesas.

Estas temáticas são analisadas nos domínios da qualificação territorial, qualidade de vida e coesão, e crescimento e competitividade.

 


NESTA SECÇÃO

Jovem apanhado pela GNR por roubar motas e carros

Um jovem suspeito de cometer assaltos no Concelho da Batalha está a aguardar o julgamento em...

Expropriações poderão custar 800 mil euros ao município

O processo judicial relativo aos terrenos na Batalha expropriados na década de oitenta a ped...

Exposição mostra fotografias da procissão dos caracóis

O resultado do concurso fotográfico "À luz dos caracóis - Reguengo do Fetal" está patente na...