Concelho apresenta incidência elevada

O Município da Batalha apresentava no dia 18 de julho uma incidência elevada de Covid-19, com 194,20 casos por cem mil habitantes – um registo de mais 31 casos a 14 dias – e estava no nível de risco moderado, a aproximar-se do elevado – mais de 240 mil situações por cem mil habitantes. Apresentava a sexta incidência mais elevada do distrito de Leiria.

O número de pessoas falecidas no concelho da Batalha com Covid-19 manteve-se em 19 no último mês, segundo o boletim sobre a pandemia divulgado pelo Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Leiria.

No distrito de Leiria já não há concelhos sem registo de falecimentos, apresentando Castanheira de Pera (5) Pedrógão Grande (6), Nazaré (18) e a Batalha os números mais baixos. No caso da Batalha, há ainda a registar a morte de um cidadão natural do município, mas residente no distrito de Aveiro.

O concelho de Leiria apresenta o maior número de vítimas mortais (167), seguindo-se Caldas da Rainha (120) e Pombal (107).

No que respeita aos casos ativos, a Batalha apresenta 28, havendo sete concelhos com números inferiores. O município de Leiria concentra 265 situações, seguindo-se Alcobaça (96) e Peniche (85).

Desde o início da pandemia, revistaram-se 883 infetados confirmados no concelho da Batalha. Os municípios de Castanheira de Pera (167), Pedrógão Grande (228) e Figueiró dos Vinhos (448) são os menos afetados. Pelo contrário, Leiria (7.587), Pombal (3.461) e Alcobaça (3183) apresentam o maior número de pessoas infetadas desde março de 2020.

Entretanto, câmara municipal decidiu prolongar até 30 de setembro a isenção do pagamento de mensalidades relativas aos serviços de atividades ocupacionais e centro de atividades de tempos livres dos estabelecimentos de ensino públicos, sob gestão direta do município da Batalha, e determinou a prorrogação da isenção de taxas e rendas nos espaços por si concessionados.

O estacionamento gratuito vai também manter-se até final de setembro e foi também prolongada a gratuitidade no acesso aos equipamentos desportivos municipais, piscina coberta, campos de padel, pavilhões municipais e campos de futebol sintético.

As entradas também são gratuitas nos equipamentos e espetáculos municipais associados à cultura, designadamente Museu da Comunidade Concelhia da Batalha (MCCB) e às produções culturais promovidas ou apoiadas pela autarquia.

Por outro lado, o presidente da câmara municipal, Paulo Batista Santos, considerou que a situação do concelho e da região de Leiria "exige um esforço coletivo de todos" e defendeu que se justifica uma maior flexibilidade no reforço dos profissionais de saúde no apoio à vacinação, “a bem da atividade económica e do controlo da pandemia”.

O município já reclama desde maio o reforço de pessoal médico e de enfermagem no apoio à vacinação, através do recurso ao voluntariado ou de contratação externa de profissionais de saúde, tendo a Administração Regional de Saúde do Centro alegado a falta de enquadramento legal para a contratação. Este mês o município decidiu intensificar a campanha de testes rápidos à por antigénio e através da distribuição de autotestes.


NESTA SECÇÃO

77,5% dos residentes na região Centro estão satisfeitos com a sua vida

O grau de satisfação dos residentes na região Centro aumentou em 2021, com 77,5% dos residen...

Fornecimento das refeições escolares custa 450 mil euros

O Município da Batalha decidiu em setembro dar continuidade aos protocolos com as associaçõe...

Caudal baixo pode pôr em causa equilíbrio ambiental do rio Lena

O caudal do rio Lena “está transformado num pequeno fio de água em várias zonas”, sendo “a s...