Conceito de restauração e turismo acessíveis elogiado pelo governo

A proposta apresentada pela Batalha ao concurso “7 Maravilhas à Mesa” não foi eleita para a final, mas a seu conceito de gastronomia e turismo acessíveis mereceu destaque durante a gala televisiva que a RTP transmitiu para todo o mundo, no dia 29 de julho, a partir do largo do Condestável, junto ao mosteiro.

A secretária de Estado da Inclusão, que assistiu ao espetáculo, salientou o facto de a proposta da Batalha “ser algo único no concurso” e considerou “o conceito muito interessante de ser desenvolvido”.

“Se em algum momento tentarmos puxar pelos sentidos quando estamos à mesa, por exemplo fechando os olhos, e nos concentrarmos mais nos aromas, nas texturas, nos contrastes dos sabores, vamos perceber que podemos usufruir mais”, disse Ana Sofia Antunes.

A governante elogiou o facto de “em Leiria e na Batalha haver restaurantes com ementas em braille”, considerando que “a acessibilidade ao nível da restauração é muito importante”. Por outro lado, destacou

o Ecoparque Sensorial da Pia do Urso e o MCCB como bons exemplos, e revelou que o programa do governo para projetos de acessibilidade já investiu 8,5 milhões de euros, em 69 projetos, um dos quais respeitante ao Mosteiro da Batalha.

Para o presidente da câmara municipal, “a inclusão é nos recebermos e prepararmos o turismo do país para pessoas especiais, que merecem e são um valor acrescentado para a economia e para o turismo”. “A Batalha faz essa aposta, como o país a está a fazer paulatinamente”, frisou Paulo Batista Santos.

No contexto da apresentação da mesa da Batalha, também Joaquim Ruivo, diretor do mosteiro, e Goretti Coelho, do restaurante “Vintage”, destacaram a perspetiva inclusiva e as acessibilidades, nomeadamente do mosteiro, do MCCB, e dos restaurantes envolvidos, que eliminaram barreiras e têm ementas em braille. O produtor de azeite Zulmiro Pedro, o chefe de cozinha Bruno Figueiredo e o enólogo António ventura, falaram a propósito de outros ingredientes: o azeite Pia do Urso, o leitão à Mosteiro do Leitão e o vinho Real Batalha, da adega do concelho.

No final da gala, apresentada por José Carlos Malato e Catarina Furtado, foram anunciadas as mesas vencedoras: Vila de Frades e Bragança. Concorreram ainda a Batalha, Cacela Velha, Angra do Heroísmo, Guarda e Loures.


NESTA SECÇÃO

Refeições dos alunos viram “caos insuportável”

O Ministério da Educação prometeu intervir no caso das refeições servidas na Escola Básica e...

Casal de burlões da Batalha acusado de 50 crimes

Um casal residente na Batalha foi acusado pelo Ministério Público (MP) de Leiria da prática ...

Parlamento analisa estudo sobre redução do ruído

O estudo do Laboratório de Ruído e Vibrações que confirma a evolução positiva dos níveis do ...