Colher os legumes antes do calor intenso

O mês de Agosto é de abundância para os hortelãos: tudo está a crescer e a produzir, a maior parte com boas colheitas.

De ressalvar que os legumes da horta devem ser colhidos antes do sol intenso os atingir, para poderem manter-se frescos por mais tempo. Se os apanhar em pleno sol, pode reparar que ficam murchos com facilidade e podem até causar dores de barriga (no caso dos frutos que se comem em cru).

O verão tem andado um pouco estranho, ora com chuva, ora com sol, o que para a horta até é bom. Mas sendo época de calor, não esquecer que as sementeiras devem ser acompanhadas de regas constantes e regulares.

Prefiro as sementeiras aos transplantes, pois quando transplantamos as plantas sofrem com a mudança, devido aos rigores do tempo. Quando transplantar, faça-o sempre à tardinha, regando bem, para que a planta se “acomode” ao novo local durante a noite.

Por esta altura, a horta costuma apresentar uma infestante, que é a beldroega, com alto teor de ómega 3. É uma planta muito interessante em termos de nutrientes, para além disso faz efeito de cobertura de solo, pois quase não compete com as outras plantas.

Assim quando vir umas beldroegas a nascer, deixe-as progredir, colha as folhas e faça com elas uma bela sopa - a natureza é generosa e dá-nos muitos alimentos selvagens a que nem sempre sabemos dar o devido valor.

Agora consciente desse facto, use as beldroegas, que até se podem comer cruas (as folhas mais tenras). Cá em casa não apreciamos o sabor delas em cru, mas gostamos do sabor delas na sopa. E aprenda a dar valor ao que tem.

Ser feliz não é ter tudo, mas sim saber ser grato por tudo o que se tem.

Hortícolas para semear e/ou plantar ao ar livre: acelgas, alfaces, beringelas, beterrabas, beldroegas, cenouras, coentros, couves-repolho, couve-rábano, espinafres, feijões diversos, malaguetas, milho, nabos, pepinos, pimentos, physalis, salsa, tomates, rabanetes e rúcula.

Jardim, semear e/ou plantar: amores-perfeitos, asteres, goivos, margaridas e prímulas.

Se soubermos observar e aprender com a natureza, teremos muito a aprender.

Na horta podemos cultivar bons alimentos e bons sentimentos!

Boas colheitas.


NESTA SECÇÃO

Duarte Costa, um mestre da guitarra quase esquecido

Acontece que no domínio das artes, seja na literatura, na pintura, na escultura ou na música...

Fumeiro e legumes cozidos qual é o resultado?

Com este tempo de chuva e cinzento só apetece comida quente de tacho como o cozido à portugu...

“A Quaresma do deserto não é negação da autoestima”

(…) A nossa Quaresma recorda, não apenas a história de Israel, mas também a história pessoal...