Coletividades reforçam segurança contra incêndios

A Câmara da Batalha aprovou a atribuição de 260 mil euros para o investimento e funcionamento das associações do concelho, bem de como de 25 mil para apoiar medidas de reforço da segurança contra incêndios das instalações das coletividades.

A verba inclui ainda o financiamento as iniciativas de desporto federado e não federado, que movimenta mais de 1.500 atletas, dos quais 700 praticam uma modalidade federada, segundo revelou o município no dia 16 de janeiro.

Quanto às medidas de segurança, o dinheiro “possibilitará a aquisição de extintores, formação e a implementação de diversas ações de melhoria das condições dos edifícios de utilização coletiva”, explica a autarquia.

“Este ano, em particular, iremos ajudar as coletividades a melhorarem as condições de segurança contra incêndios e ao nível das acessibilidades a deficientes, áreas prioritárias para a adequada utilização destes espaços coletivos”, adianta o presidente da câmara, Paulo Batista Santos.

A atribuição dos apoios resulta das candidaturas submetidas na primeira fase do “Programa de Apoio ao Associativismo”. As associações têm a possibilidade de apresentar novas candidaturas, na segunda fase, em março, através da plataforma “Mova Batalha” (http://movabatalha.cm-batalha.pt/), na qual são divulgados os apoios e regulamentos.


NESTA SECÇÃO

Festas da Batalha atraíram 60 mil pessoas

As Festas da Batalha, que terminaram este domingo, 18, “terão atraído à vila mais de 60 mil ...

“O voluntariado não é receita para uma depressão”

“O voluntariado não é receita para uma depressão ou para ocupar os tempos livres, é um exerc...

Autarca da Batalha quer ética no centro do debate político

O presidente da câmara da Batalha apelou à “ética na vida política e pública” durante a sess...