CIMRL defende remodelação de urgências hospitalares

O Conselho Intermunicipal da Comunidade Intermunicipalda Região de Leiria, que integra o município da Batalha, reunido em Santiago da Guarda (Ansião) no dia 7 de setembro, emitiu um parecer positivo sobre o plano estratégico do Centro Hospitalar de Leiria (CHL) 2018/2022.

No parecer, a comunidade intermunicipal “saúda o CHL pela iniciativa de elaborar o plano estratégico no horizonte temporal 2018/2022 e expressa a sua concordância sobre a nova visão institucional para o CHL apresentada no documento”.

A associação de municípios também “subscreve globalmente as linhas de orientação apresentadas, reforçando a aposta estratégica numa relação de confiança com os cidadãos, fixando posições de referência, tendo como meta a generalização a toda a população servida o cumprimento dos Tempos Máximos de Resposta Garantidos (TMRG) legalmente estabelecidos”.

Por outro lado, a CI Região de Leiria defende a capacitação técnica e institucional do CHL, “assumindo desde já os objetivos estratégicos de reforçar as suas funções assistenciais, dotado de novas especialidades médicas, procedendo à qualificação e ampliação das suas instalações numa operação faseada que promova uma melhor articulação e integração de serviços, com prioridade para as ampliações e diversificação de serviços nos hospitais de Santo André (HSA) e de Pombal (HDP), como sejam a remodelação e expansão do serviço de urgência geral e da consulta externa no HSA e HDP, e ainda remodelação e ampliação o hospital de dia no HSA”.

A CI Região de Leiria “entende ainda ser importante a melhoria das acessibilidades e de mobilidade para os

hospitais de Pombal e Leiria (HSA) em todo o território da região, com especial destaque para a requalificação do IC8, para que os cidadãos dos concelhos de Pombal, Ansião, Alvaiázere, Figueiró dos Vinhos, Castanheira de Pera e Pedrogão Grande, tenham como opção o recurso aos cuidados hospitalares de excelência e à diversidade de especialidades médicas que atualmente são garantidas pelo Hospital Santo André, em Leiria, e no polo de Pombal do CHL”.

Assembleia da Batalha

também pede intervenção

A Assembleia Municipal da Batalha também aprovou, no dia 27 de setembro, uma moção em defesa de melhores cuidados de saúde hospitalar e ampliação do serviço de urgência do Hospital Santo André (HSA).

A moção apresentada pela bancada do PSD preconiza o reforço do investimento na modernização e ampliação do HSA, nomeadamente ao nível do serviço de urgência geral e de expansão da consulta externa.

Esta deliberação !reforça as posições assumidas pelo conselho de administração do CHL, que no seu plano estratégico 2018/2022, sinaliza um conjunto de prioridades para o reforço e melhor dos serviços hospitalares e acesso a cuidados de saúde na região”.

A posição da assembleia municipal foi remetida ao CHL, ARS do Centro e Ministério da Saúde e “pugna junto do governo para que no próximo orçamento do estado para 2019, na área da saúde, seja possível considerar o reforço no investimento no CHL, unidade que serve uma população superior a 300 mil habitantes e que exige equidade no acesso e à qualidade dos serviços prestados na área da saúde”.


NESTA SECÇÃO

Conselhos para prevenir lesões na coluna em mergulhos

Os acidentes de mergulho são uma das principais causas de lesão na coluna vertebral, provoca...

Varizes: um problema comum

As veias são os vasos sanguíneos responsáveis por conduzir o sangue dos diferentes órgãos pa...

Prevenção de doenças sexualmente transmissíveis

As doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) são infeções contagiosas cuja forma mais freque...