CIMRL defende remodelação de urgências hospitalares

O Conselho Intermunicipal da Comunidade Intermunicipalda Região de Leiria, que integra o município da Batalha, reunido em Santiago da Guarda (Ansião) no dia 7 de setembro, emitiu um parecer positivo sobre o plano estratégico do Centro Hospitalar de Leiria (CHL) 2018/2022.

No parecer, a comunidade intermunicipal “saúda o CHL pela iniciativa de elaborar o plano estratégico no horizonte temporal 2018/2022 e expressa a sua concordância sobre a nova visão institucional para o CHL apresentada no documento”.

A associação de municípios também “subscreve globalmente as linhas de orientação apresentadas, reforçando a aposta estratégica numa relação de confiança com os cidadãos, fixando posições de referência, tendo como meta a generalização a toda a população servida o cumprimento dos Tempos Máximos de Resposta Garantidos (TMRG) legalmente estabelecidos”.

Por outro lado, a CI Região de Leiria defende a capacitação técnica e institucional do CHL, “assumindo desde já os objetivos estratégicos de reforçar as suas funções assistenciais, dotado de novas especialidades médicas, procedendo à qualificação e ampliação das suas instalações numa operação faseada que promova uma melhor articulação e integração de serviços, com prioridade para as ampliações e diversificação de serviços nos hospitais de Santo André (HSA) e de Pombal (HDP), como sejam a remodelação e expansão do serviço de urgência geral e da consulta externa no HSA e HDP, e ainda remodelação e ampliação o hospital de dia no HSA”.

A CI Região de Leiria “entende ainda ser importante a melhoria das acessibilidades e de mobilidade para os

hospitais de Pombal e Leiria (HSA) em todo o território da região, com especial destaque para a requalificação do IC8, para que os cidadãos dos concelhos de Pombal, Ansião, Alvaiázere, Figueiró dos Vinhos, Castanheira de Pera e Pedrogão Grande, tenham como opção o recurso aos cuidados hospitalares de excelência e à diversidade de especialidades médicas que atualmente são garantidas pelo Hospital Santo André, em Leiria, e no polo de Pombal do CHL”.

Assembleia da Batalha

também pede intervenção

A Assembleia Municipal da Batalha também aprovou, no dia 27 de setembro, uma moção em defesa de melhores cuidados de saúde hospitalar e ampliação do serviço de urgência do Hospital Santo André (HSA).

A moção apresentada pela bancada do PSD preconiza o reforço do investimento na modernização e ampliação do HSA, nomeadamente ao nível do serviço de urgência geral e de expansão da consulta externa.

Esta deliberação !reforça as posições assumidas pelo conselho de administração do CHL, que no seu plano estratégico 2018/2022, sinaliza um conjunto de prioridades para o reforço e melhor dos serviços hospitalares e acesso a cuidados de saúde na região”.

A posição da assembleia municipal foi remetida ao CHL, ARS do Centro e Ministério da Saúde e “pugna junto do governo para que no próximo orçamento do estado para 2019, na área da saúde, seja possível considerar o reforço no investimento no CHL, unidade que serve uma população superior a 300 mil habitantes e que exige equidade no acesso e à qualidade dos serviços prestados na área da saúde”.


NESTA SECÇÃO

Infeções respiratórias - quando nos devemos preocupar?

O início do outono e o regresso ao infantário ou escola vem sempre acompanhado pelos quadros...

A importância da regressão à infância através da hipnose

Quando falamos em regressão, automaticamente o que nos surge à mente são “vidas passadas”. N...

Síndrome do desfiladeiro torácico

O desfiladeiro torácico consiste em dois espaços anatómicos: 1. Espaço do triângulo interesc...