Casal em preventiva por assaltar casas na Batalha

Um casal suspeito de assaltar nove casas, no período de dois meses, em três concelhos da região, incluindo o da Batalha, está em prisão preventiva a aguardar o julgamento.

Segundo o Ministério Público, o casal (ela com 47 anos e ele de 33) assaltou residências situadas nas freguesias de Porto de Mós, Maceira e Batalha, entre 23 de fevereiro e 4 de maio.

As detenções aconteceram na sequência de uma ação do Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Leiria, coordenada pelo Ministério Público/DIAP de Porto de Mós.

No âmbito de buscas realizadas às residências dos arguidos foram apreendidos objetos alegadamente furtados de habitações.

O casal foi detido na Marinha Grande, “no âmbito de uma investigação de furtos qualificados, que decorria há cerca de quatro meses”, informou a GNR, adiantando que foram realizadas “cinco buscas domiciliárias e uma busca num estabelecimento comercial, nas localidades de Maceira e Batalha”.

As autoridades apreenderam um veículo, bem como 27 peças em ouro, dez peças em prata, oito relógios de marca, 640 moedas, entre outros bens.

O Ministério Público detalha, em comunicado: “anéis, fios, brincos, pulseiras, cordões, medalhas, relógios, artigos de artesanato, máquinas fotográficas, computadores, tablet, televisores, forno de cozinha, loiça, garrafas de bebidas alcoólicas, máquina de sulfatar, motosserra, armas e importâncias monetárias”.

Os arguidos, que têm antecedentes criminais por furtos e tráfico de estupefacientes, foram sujeitos a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Leiria, a 18 de maio (dia seguinte à detenção), por “se considerar fortemente indiciada a prática, em coautoria material, na forma consumada e em concurso efetivo, de nove crimes de furto qualificado”.

A sua prisão preventiva foi determinada por o juiz de instrução criminal ter “verificado a existência de perigo de continuação de atividade criminosa”.


NESTA SECÇÃO

Orçamento participativo com 12 propostas em votação

A câmara municipal revelou esta quinta-feira, 21, que o Orçamento Participativo da Batalha c...

“Joia da Batalha” quer ser uma das “7 Maravilhas”

O Mosteiro do Leitão candidatou ao concurso “7 Maravilhas Doces de Portugal” um doce que bat...

Projetos do concelho no prémio “Ciência na Escola”

Três projetos de alunos do Concelho da Batalha passaram à fase de desenvolvimento da 16ª edi...