Carnaval põe foliões de todas as idades “a bombar”

O Carnaval da Batalha volta este ano “a bombar” durante três dias – e vai ser animado não apenas pela participação de pelo menos quatro grupos de bombos, mas também devido a outros atrativos musicais e de animação que a organização, a câmara municipal, preparou para os dias 1, 3 e 4 de março.

Na sexta-feira (dia 1), na zona desportiva, decorre a partir das 10h30 o desfile infantojuvenil, com a participação do grupo de zés pereiras “Unidos da Paródia”, de Amarante, e animação de rua com percussão e mimos malabaristas. À tarde, pelas 14h30, na tenda de Carnaval, Zé Café e Guida animam o baile sénior.

No domingo (dia 3), o corso de Carnaval começa às 15 horas, na zona desportiva, com a presença do Bomboémia – Grupo de Percussão da Universidade do Minho (Braga) e dos grupos de bombos de S. Lourenço (Marco de Canaveses) e Só Pedra (Cantanhede).

Na segunda-feira (dia 4), na zona desportiva, na tenda de Carnaval, pelas 22h30, o Centro Cultural e Recreativo da Quinta do Sobrado e Palmeiros organiza uma festa com Cláudia Martins e os Minhotos Marotos, e a participação especial de David Antunes. O DJ Vitom completa o cartaz da iniciativa, que tem entrada livre, naturalmente limitada à capacidade do espaço.

Nos três dias de Carnaval, mantendo-se o que tem acontecido em anos anteriores, estão envolvidas 20 associações do concelho e mais de 1.500 figurantes, entre adultos e crianças, nos dois desfiles previstos para os três dias de festejos.

O desfile infantil que percorre as principais ruas da vila, contará com a participação de 700 crianças, do pré-escolar ao secundário. O corso de Carnaval, uma organização conjunta da autarquia, das associações e das escolas, reunirá mais de 800 figurantes.

As melhores participações (carros alegóricos e conjuntos) são premiados pela câmara municipal com o intuito de valorizar o trabalho e o voluntarismo das coletividades nesta atividade.

No baile de máscaras, dirigido à população sénior, também há diversos prémios em disputa para as melhores caracterizações. O palco é numa tenda coberta instalada na zona desportiva, e a ação envolve os utentes das instituições particulares de solidariedade social.

A organização do Carnaval da Batalha conta com a colaboração das associações concelhias, estabelecimentos escolares e rede de ATL.


NESTA SECÇÃO

“Joia da Batalha” quer ser uma das “7 Maravilhas”

O Mosteiro do Leitão candidatou ao concurso “7 Maravilhas Doces de Portugal” um doce que bat...

Projetos do concelho no prémio “Ciência na Escola”

Três projetos de alunos do Concelho da Batalha passaram à fase de desenvolvimento da 16ª edi...

Moinho de Vento candidato ao prémio "Heróis da Fruta"

As turmas “Inventores”, “Sabichões” e "Os Traquinas", do Centro Infantil Moinho de Vento, sã...