Cancioneiro atua este domingo na Batalha

O Cancioneiro das Caldas da Rainha, liderado por Joaquim Calado, natural de Reguengo do Fetal, dá um concerto com entrada gratuita este domingo, 25, no auditório municipal da Batalha.

O grupo interpreta, a partir das 16 horas, canções do seu CD “Sons, Tons e Dons... de gente fixe sem renome mas com talento” e fados, tangos, valsas ou baladas de Coimbra, da autoria de famosos poetas e compositores portugueses.

O cancioneiro lançou o seu álbum de estreia a 8 de dezembro de 2017, no Centro Paroquial de Reguengo do Fetal, terra natal do mentor do grupo, Joaquim Calado, de 87 anos, que vive há décadas na cidade termal.

O disco integra desgarradas, fados e, sobretudo, canções dedicadas ao Reguengo do Fetal, e foi gravado de forma caseira, no espaço de ensaio do agrupamento, na rua Linda à Pastora, nas Caldas da Rainha.

É composto por 21 musicas, 20 das quais da autoria de Joaquim Calado, dez sobre o Reguengo do Fetal e as restantes são temas escritos por cinco poetas seus conterrâneos e um alentejano.

O cancioneiro, que inclui instrumentos como violas, cavaquinhos, percussão e harmónica, é composto por pessoas com idades entre os 54 e os 88 anos, que se dedicam à música popular nacional, sobretudo aos temas conhecidos da generalidade dos portugueses.

Além de Joaquim Calado, fazem parte do coletivo João Arroja, Lurdes Santana, Joaquina Nogueira, Manuel Coelho, José Lopes, Henrique Martinho, Fernando Branco e Victor Conceição.

Está a planear uma participação no Festival Europeu de Música Popular, em julho, em Viseu.


NESTA SECÇÃO

A Defesa do Património

Evocação de Santa Maria-a-Velha Foi aqui que me plantaram dando-me a primazia de se...

D. Manuel I

Venturoso porque colhi a seara que outro semeou mas desventurado porque a Histór...

Projeto inovador de Tobias Monteiro leva teatro às escolas do concelho

“A arca dos contos em movimento” já iniciou a sua viagem com vista à descentralização cultur...