Câmara quer Julgado de Paz no Edifício Dr. Gens

A Câmara da Batalha anunciou que vai propor a instalação de um Julgado de Paz, no Edifício Dr. Gens, na sequência da decisão dos órgãos municipais de aceitar a transferência de novas competências da Administração Central do Estado.

O Município da Batalha exerce novas competências na área da justiça, desde o dia 2 deste mês, em área como programas de reinserção social de jovens e adultos, prevenção e combate à violência contra as mulheres e à violência doméstica, apoio às vítimas de crimes e rede dos julgados de paz.

Nesse âmbito, a autarquia explica, em comunicado, que “decidiu responder positivamente à instalação de mais um importante serviço à população, desta feita na área da Justiça, através da criação do Julgado de Paz da Batalha, admitindo-se que fique sediado no Edifício Dr. Gens”.

O Ministério da Justiça, através da Direção-Geral da Política de Justiça, suporta os encargos inerentes à remuneração e deslocações em serviço dos Juízes de Paz, bem como os honorários dos mediadores que prestam serviço no Julgado de Paz. E assegura ainda a formação dos recursos humanos a afetar pelo município e instala o sistema informático.

O município beneficia de uma parcela de custas a cobrar aos utilizadores do serviço e garante as instalações e o apoio administrativo necessário ao seu funcionamento.

“A criação deste novo serviço local na área da justiça merece o consenso da vereação e a confirmar-se será mais um espaço ao serviço dos cidadãos, mais acessível e um importante contributo para dinamizar um edifício municipal recentemente renovado”, refere o presidente do município, Paulo Batista Santos.

Os Julgados de Paz podem resolver causas comuns de natureza cível, cujo valor não exceda os 15 mil euros, nomeadamente em domínios como direitos e deveres dos condóminos, abertura de janelas, portas, varandas e obras semelhantes; arrendamento urbano, excetuando o despejo, incumprimento de contratos e obrigações, alteração de marcos, burla para obtenção de alimentos, bebidas ou serviços.


NESTA SECÇÃO

Festas da Batalha atraíram 60 mil pessoas

As Festas da Batalha, que terminaram este domingo, 18, “terão atraído à vila mais de 60 mil ...

Autarca da Batalha quer ética no centro do debate político

O presidente da câmara da Batalha apelou à “ética na vida política e pública” durante a sess...

Batalha distingue cidadãos exemplares com medalhas de mérito

A autarquia da Batalha homenageou com medalhas de mérito, na sessão solene do Dia do Municíp...