BUPi permite registo gratuito de terrenos

A Ordem dos Solicitadores e dos Agentes de Execução (OSAE), parceira do Ministério da Justiça no projeto-piloto BUPi – que permite o registo gratuito de terrenos em dez concelhos – alertou no início deste mês que o prazo termina já em outubro.

O projeto visa criar o cadastro do território e a OSAE tem 40 escritórios de solicitadores disponíveis em Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Pedrógão Grande, Penela, Proença-a-Nova, Sertã, Alfandega da Fé, Caminha, Góis, Pampilhosa da Serra e áreas limítrofes.

Qualquer proprietário de terrenos nestes concelhos, independentemente da região onde vive, pode utilizar este serviço (mais informação aqui)

O objetivo do projeto-piloto é delimitar terrenos e identificar proprietários através da fotointerpretação, georreferenciação e da centralização de informações.

Assim, os proprietários poderão recorrer a estes escritórios de solicitadores para garantirem, gratuitamente, o serviço, sendo que, depois, serão comunicadas as informações obtidas ao BUPi, dispensando qualquer outro ato adicional por quem iniciou o processo.

 


NESTA SECÇÃO

Somos Batalha e Batalha é de Todos protagonizam a disputa mais acesa

As candidaturas PSD/Somos Batalha e o movimento Batalha é de Todos, apoiado pelo PS, protago...

Combater as assimetrias que marcam as condições de vida no concelho

  O projeto CDU é a garantia de respeito pela escolha dos eleitores. Princípios de trabal...

Seis candidatos à conquista da câmara com PS ausente e dois novos partidos

Esta é a 13ª vez que os eleitores do Concelho da Batalha são chamados a escolher os autarcas...