Bonvida: sete anos de vigília garantem reabertura

A fábrica de porcelenas Bonvida, em Pinheiros, na Batalha, encerrada em 2011, foi comprada pela empresa Vasicol, da Moitalina (Porto de Mós) e retoma a laboração em breve, noticiou o jornal Região de Leiria na sua edição desta quinta-feira, 26.

O fiel depositário da unidade fabril durante a insolvência, Horácio Moita Francisco, vereador do CDS-PP, prevê que a empresa possa empregar 120 pessoas até ao final do ano.

Nestes sete anos, ex-funcionárias mantiveram as instalações sob vigilância na expetativa de que voltassem a ser utilizadas.

A Bonvida, que chegou a empregar 170 funcionários, dedicava-se ao fabrico de loiça e comercialização de produtos de mesa utilitários e decorativos.

A crise económica e problemas de gestão levaram à sua decadência e acabaria por entrar em processo de insolvência.

Mas, até hoje, funcionárias guardaram as instalações, 24 sobre 24 horas, com o objetivo de as manter em condições de puderem reentrar em funcionamento. O tempo que investiram não foi em vão.

A Vasicol, que fabrica vasos e artigos utilitários de mesa, sobretudo para exportação, adquiriu a empresa de Pinheiros.

As negociações agora concluídas começaram há um ano e a intenção é que a fábrica entre em laboração o mais rapidamente possível.

Horácio Moita Francisco, também vereador no município à data do encerramento da Bonvida, mostrou-se satisfeito com este desfecho, já que prometera então a reabertura da fábrica, uma promessa que agora se cumpre.

As funcionárias, apesar dos protestos públicos em que participaram, mantêm a intenção de não prestar qualquer declaração sobre a história e as histórias dos sete anos que passaram a guardar as instalações.

Só falarão depois de anunciada oficialmente a compra e entrada em funcionamento da Bonvida, o que deverá acontecer na próxima semana.


NESTA SECÇÃO

Município em 8º lugar entre os que têm melhor governação

O estudo “Rating Municipal Português”, revelado no dia 7 de maio, coloca o município em 8º l...

Concelho lidera crescimento de empresas de excelência

O Concelho da Batalha regista o maior crescimento percentual de empresas distinguidas com o ...

Comitiva alemã visitou grupo Erofio

Um grupo de responsáveis alemães visitou durante dois dias empresas do sector dos moldes da ...