Bombeiros: antiga escola transformada em centro de formação

O centro de formação dos Bombeiros da Batalha, instalado na antiga escola primária dos Pinheiros, cedida pelo município, foi inaugurada a 29 de junho, dia em que prestaram juramento e foram promovidos 13 novos 'soldados da paz'.

Os bombeiros do concelho têm conseguido formar uma turma de novos elementos todos os anos, consolidado assim as suas capacidades, agora reforçadas com a melhoria das condições de formação.

As novas instalações foram alvo de obras de adaptação e servirão no futuro para ações de formação práticas, especialmente de combate a fogos urbanos e desencarceramento, existindo também a possibilidade de ministrar aulas teóricas em sala.

No dia da inauguração das instalações foram também benzidas e inauguradas quatro viaturas: uma de transporte de doentes, oferecida pela Caixa Agrícola da Batalha; um tanque tático florestal (“Baribi”), que estava bastante degradado e foi recuperado com o apoio da Erofio; uma viatura pickup, oferecida pela REN e uma viatura ligeira de passageiros, oferecida pela EDP – distribuição.

Entretanto, o Município da Batalha decidiu renovar os apoios à Associação Humanitária dos Bombeiros da Batalha, até ao montante de 120 mil euros, valor que deverá ser repartido entre o funcionamento, investimento e apoio à Equipa de Intervenção Permanente (EIP), cujo financiamento é partilhado em 50% entre a Câmara Municipal e a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

“O investimento realizado na proteção civil e na segurança deve ser orientado maioritariamente para a prevenção, no entanto, é essencial dispor de meios e condições aos bombeiros para que possa atuar sempre que sejam solicitados”, considera o presidente da câmara.

“No concelho da Batalha, o orçamento para defesa da floresta e proteção civil tem crescido significativamente, é um trabalho nunca concluído, mas a nossa ação só será bem-sucedida se todos – entidades públicas e privadas - nos empenharmos neste objetivo local e nacional”, adianta Paulo Batista Santos.


NESTA SECÇÃO

Épico Jazzístico dos Sonhos Perdidos

Encontrava-me no dia 3 de Maio de 1935, numa Lisboa quente e soalheira, mesmo que o cumprime...

Linha “Batalha Voz Amiga” presta apoio emocional

A câmara municipal criou a linha telefónica “Batalha Voz Amiga”, destinada todos os seus mun...

Batalha abre mercadinho para ajudar quem precisa

O pavilhão multiusos da Batalha acolhe no fim de semana, dias 6 e 7 de junho, a 1ª edição do...