BNI Vitória quer ajudar a impulsionar negócios

O BNI – Business Network International acaba de surgir na Batalha, à semelhança do que já acontece noutras cidades e vilas de Portugal e em 74 países por todo mundo, numa rede de mais de 247 mil empresários e profissionais liberais.

Com o nome BNI Vitória, o grupo da Batalha está a constituir-se e a apresentar-se aos empresários e às empresas como “nova realidade impulsionadora de negócios”.

Definindo-se como a “maior organização profissional de negócios e referenciação do mundo”, esta organização “trará uma inevitável projeção do concelho da Batalha a nível nacional e internacional”, considera Carina Pereira, diretora consultora do grupo.

Este é um projeto “direcionado para os empresários com potencial empreendedor, com capacidade e ambição para fazer crescer os seus negócios”, baseando-se nos princípios de uma “nova economia em que as conexões certas são tudo”. Para “um crescimento de negócios inigualável”, o que se oferece é “um programa de referência estruturado, positivo e profissional, que permite desenvolver relacionamentos sólidos e de longo prazo”, considera a empresária.

Fundado nos Estados Unidos em 1985, por Ivan Misner, um dos maiores especialistas do mundo em “networking” e em “marketing palavra-passa-palavra”, segundo o jornal “The New York Times”, o BNI tem uma filosofia assente no poderoso conceito “Givers Gain”, que se traduz em “fazer do ajudar os outros uma forma de alavancar o seu próprio negócio”. Isto é, quantas mais referências de negócio passar aos seus colegas membros, mais referências de negócio poderá receber.

“No BNI Vitória só pode constar uma empresa de cada ramo de atividade e, se procura mais visibilidade, credibilidade e rentabilidade para o seu negócio, então esta oportunidade é para si”, remata Carina Pereira, deixando o convite ao contacto pelo email escritorio@bnicentro.com.

O grupo reúne em espaço próprio às terças-feiras, das 8h às 10 horas - “horários pontuais” - numa sala num edifício na na Rua dos Bombeiros Voluntários da Batalha.

 


NESTA SECÇÃO

Concelho quer gás mais barato para quem precisar

A Câmara da Batalha manifestou à Direção Geral de Energia e Geologia a sua intenção de aderi...

Adega da Batalha na Rua Augusta

A câmara municipal e Adega Cooperativa da Batalha participaram, de 10 a 14 de julho, na quin...

“Empresas competem com um pequeno miúdo"

A transformação digital está a alterar o mundo das relações empresariais e a forma como é en...