Batalhense Irene Gomes expõe no Moinho do Papel

A pintora batalhense Irene Gomes tem patente no Moinho do Papel, em Leiria, uma exposição evocativa das suas três décadas de artista, intitulada "Sobre o branco outras águas: 30 Anos de pintura".

A mostra pode ser visitada até 28 de fevereiro de 2018, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h00 e das 14h30 às 17h00, e ao sábado das 14h00 às 17h30.

Irene Gomes, natural da Batalha, onde nasceu em 1960, começou a sua formação no estrangeiro, no Centro de Restauro ENAIP-CEP (Centro Estero Piemonte), em Itália, onde esteve em 1987 com uma bolsa de estudo.

Nesse ano surgiram as suas primeiras aguarelas e, dois anos mais tarde, apresentou a primeira exposição individual, na sala da comissão de Turismo de Leiria.

Pouco tempo depois iniciou-se em exposições e concursos por todo o país, em cidades como Porto, Seia, Oliveira do Hospital, Lisboa e Sintra.

Uma exposição no Palácio Juan Pizarro de Aragón, em Espanha, em 1995, marcou a internacionalização da sua arte, que se repetiu noutras cidades espanholas, e expôs ainda em Marrocos, França, Alemanha e Holanda, onde também recebeu formação.

Está representada em coleções particulares e museus, no país e estrangeiro.

 


NESTA SECÇÃO

Alunos inspiram-se no mosteiro para produzir obras de arte

Uma turma de 14 alunos da Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha (ESAD.CR)/P...

Jogos tradicionais do povo (II)

Em Setembro de 2006 publiquei nesta secção um apontamento sobre os jogos populares. Este seg...

Joana Marques, humorista: “Se não pode vencê-los afaste-se deles”

A guru de anti-ajuda e humorista, Joana Marques, começa a sua mais recente obra, “Vai Correr...