Batalha: suspeito de violência doméstica sobre a mãe

O Tribunal de Leiria determinou a prisão preventiva de um homem de 41 anos, residente na Batalha, no âmbito de um processo em que é suspeito da prática de um crime de violência doméstica agravada, em que a vítima é a sua mãe, de 81 anos.

Segundo o Ministério Público (MP), o indivíduo foi detido na segunda-feira, 4, e sujeito ao primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Leiria, na quarta-feira, “por se considerar fortemente indiciada a prática de um crime de violência doméstica agravada”.

A investigação criminal, coordenada pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Porto de Mós e desenvolvida pela GNR da Batalha, concluiu que o arguido “dirigiu-se por diversas vezes à sua mãe, que padece de doenças que afetam a sua capacidade motora, injuriou-a e ameaçou-a, causando-lhe um sentimento de insegurança, nomeadamente em 2018 e 2019”.

O MP adianta que “foi diagnosticada perturbação bordeline da personalidade e bipolaridade” ao arguido e determinado que aguarde o desenvolvimento do processo sujeito em prisão preventiva, “por se verificar a existência de perigo de continuação de atividade criminosa”

O tribunal decretou ainda que “fosse de imediato conduzido à urgência psiquiátrica do hospital de Leiria, com vista a eventual internamento compulsivo, devendo nesse caso ser mantido em internamento preventivo”.

Foto: arquivo/ilustração


NESTA SECÇÃO

Covid-19: Número de vítimas mortais sobe para oito na Batalha

O número de pessoas falecidas no concelho da Batalha com Covid-19 aumentou para oito nas últ...

Câmara sujeita a ter de indemnizar empresas de exploração de pedra

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria aceitou uma providência cautelar, interposta pe...

Valorlis em campanha de inclusão para aumentar a reciclagem

A Environment Global Facilities (EGF) e as suas 11 concessionárias – entre as quais a Valorl...