Batalha: suspeito de violência doméstica sobre a mãe

O Tribunal de Leiria determinou a prisão preventiva de um homem de 41 anos, residente na Batalha, no âmbito de um processo em que é suspeito da prática de um crime de violência doméstica agravada, em que a vítima é a sua mãe, de 81 anos.

Segundo o Ministério Público (MP), o indivíduo foi detido na segunda-feira, 4, e sujeito ao primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Leiria, na quarta-feira, “por se considerar fortemente indiciada a prática de um crime de violência doméstica agravada”.

A investigação criminal, coordenada pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Porto de Mós e desenvolvida pela GNR da Batalha, concluiu que o arguido “dirigiu-se por diversas vezes à sua mãe, que padece de doenças que afetam a sua capacidade motora, injuriou-a e ameaçou-a, causando-lhe um sentimento de insegurança, nomeadamente em 2018 e 2019”.

O MP adianta que “foi diagnosticada perturbação bordeline da personalidade e bipolaridade” ao arguido e determinado que aguarde o desenvolvimento do processo sujeito em prisão preventiva, “por se verificar a existência de perigo de continuação de atividade criminosa”

O tribunal decretou ainda que “fosse de imediato conduzido à urgência psiquiátrica do hospital de Leiria, com vista a eventual internamento compulsivo, devendo nesse caso ser mantido em internamento preventivo”.

Foto: arquivo/ilustração


NESTA SECÇÃO

“Joia da Batalha” quer ser uma das “7 Maravilhas”

O Mosteiro do Leitão candidatou ao concurso “7 Maravilhas Doces de Portugal” um doce que bat...

Projetos do concelho no prémio “Ciência na Escola”

Três projetos de alunos do Concelho da Batalha passaram à fase de desenvolvimento da 16ª edi...

Moinho de Vento candidato ao prémio "Heróis da Fruta"

As turmas “Inventores”, “Sabichões” e "Os Traquinas", do Centro Infantil Moinho de Vento, sã...