Batalha recolhe bens para Moçambique

A Associação de Propaganda e Defesa da Região da Batalha (APDRB) aderiu à campanha de recolha de bens de primeira necessidade para as crianças moçambicanas, atingidas pelo ciclone Idai, promovida pela HELPO, em curso até dia 3 de abril.

Os donativos devem ser entregues nas instalações do Centro Infantil Moinho de Vento e corresponder a roupa de bebé e criança (até aos 5 anos), fraldas de pano, mantas do tipo polar, farinhas lácteas e não lácteas, leite em pó etapas 1 e 2, sabão e lixívia, enlatados e alimentos não perecíveis (feijão, grão, arroz, massa, óleo, açúcar, aveia e frutos secos).

“A HELPO é uma Organização não Governamental (ONG) que está há muito tempo em Moçambique a desenvolver projetos relacionados com a infância, educação, saúde materno-infantil, sendo que neste momento existem enormes carências de bens de primeira necessidade”, explica a APDRB.


NESTA SECÇÃO

Marcelo: “houve uma recuperação pequena no turismo"

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, encontrou-se no dia 13 de novembro com e...

Acabar com pontos negros custa 50 mil euros na primeira fase

A Câmara da Batalha lançou em outubro um plano de segurança rodoviária para definir quais sã...

Covid-19: Concelho esteve quatro dias em recolher obrigatório noturno

O Concelho da Batalha esteve quatro dias em recolher obrigatório noturno – e escapou à tange...