Batalha investe na segurança das coletividades

A Câmara da Batalha aprovou a atribuição de 260 mil euros para o investimento e funcionamento das associações do concelho, bem de como de 25 mil euros para apoiar medidas de reforço da segurança contra incêndios das instalações das coletividades.

A verba inclui ainda o financiamento a iniciativas de desporto federado e não federado, que movimenta mais de 1.500 atletas, dos quais 700 praticam uma modalidade federada, segundo revelou o município na terça-feira, 16.

Quanto às medidas de segurança, o dinheiro “possibilitará a aquisição de extintores, formação e a implementação de diversas ações de melhoria das condições dos edifícios de utilização coletiva”, explica a autarquia.

“Este ano, em particular, iremos ajudar as coletividades a melhorarem as condições de segurança contra incêndios e ao nível das acessibilidades a deficientes, áreas prioritárias para a adequada utilização destes espaços coletivos”, adianta o presidente da câmara, Paulo Batista Santos.

A atribuição dos apoios resulta das candidaturas submetidas na primeira fase do “Programa de Apoio ao Associativismo”.

As associações têm a possibilidade de apresentar novas candidaturas, na segunda fase, em março, através da plataforma “Mova Batalha” (http://movabatalha.cm-batalha.pt/), na qual são divulgados os apoios e regulamentos.


NESTA SECÇÃO

Aves da Batalha cumpriu os objetivos apesar da pandemia

Ao longo do ano de 2020 o Grupo Aves da Batalha dinamizou 13 atividades, com distintos objet...

Socialistas (nem todos) apoiam Raul Castro e centristas apresentam candidatura própria

O deputado Raul Castro garantiu o apoio do PS à sua candidatura a presidente do Município da...

Covid-19 infetou num ano 5,5% da população residente no concelho

O número de pessoas falecidas no concelho da Batalha com Covid-19 manteve-se em 18 no último...