Batalha e concelhos da região “unidos no combate ao flagelo”

Os municípios da região estão “articulados e unidos no combate ao flagelo” da Covid-19 e “mobilizados para detetar precocemente os casos de doença”, afirma a Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria (CIMRL), que agrega 10 concelhos, incluindo o da Batalha.

Na sequência da sua reunião extraordinária, na tarde de quinta-feira, dia 19, por videoconferência, para analisar a situação da pandemia, a CIMRL “apela à população para manter as orientações da Direção Geral da Saúde, adotando medidas e recomendações que levem a uma menor propagação do vírus”.

“Os municípios da região estão articulados e unidos no combate a este flagelo e, perante o risco atual e a sua responsabilidade perante a comunidade, estão mobilizados para o desenvolvimento de campanhas de sensibilização e para implementar medidas de prevenção primária adequadas ao nível de risco de doença”, refere a CIMRL em comunicado.

A região está ainda mobilizada para “detetar precocemente os casos de doença e os seus contactos facilitando a articulação e ligação aos serviços de saúde adequados, para assegurar uma resposta coordenada com outras instituições e organizações, sempre na perspetiva de salvaguardar as vidas humanas”.

A CIMRL adianta que se “pretende acompanhar de forma efetiva e proativa os casos que possam surgir, identificando cadeias de transmissão do vírus, para uma maior e mais eficaz facilidade de atuação”, adiantando que “relativamente às questões sociais, todos os municípios desenvolverão as necessárias ações junto dos grupos mais vulneráveis, numa ótica de ação de combate a esta pandemia”.


NESTA SECÇÃO

Aproveitam a pandemia para poluir o Lena e a via pública

O Município da Batalha “lamenta” que “gente sem escrúpulos” se aproveite da “tempestade” pro...

Covid-19: Batalha não cobra tempos livres até final do ano

O Município da Batalha decidiu isentar o pagamento da totalidade das mensalidades dos centro...

Covid-19: Aumenta para três o número de casos na Batalha

As autoridades de saúde pública confirmaram a existência de três residentes no Concelho da B...