Batalha: Artes à Vila vence prémio em festival ibérico

O festival Artes à Vila, promovido na Batalha, venceu a 4ª edição dos Prémios dos Festivais Ibéricos (Iberian Festival Awards), na categoria de Melhor Novo Festival (Best New Festival), que foram atribuídos quarta-feira, 13, em Vigo, Espanha.

O programador Luís Ferreira e 13 outros festivais e eventos culturais portugueses, entre os quais o Bons Sons, a Expofacic e o FMM de Sines, foram igualmente distinguidos.

O festival Artes à Vila regressa à Batalha, entre 27 e 30 de junho, com concertos, caminhadas, workshops, exposições e street food, depois de se ter estreado no Ano Europeu do Património Cultural 2018, com a ambição de se projetar em Portugal e internacionalmente.

A organização é partilhada pelo Mosteiro da Batalha e associação Batalha pela Cultura, com a Câmara Municipal da Batalha e a produtora Seivabruta.

A iniciativa surgiu de "um encontro de ideias sobre a cultura e património da vila da Batalha", e tem como objetivo "realizar um evento cultural no património edificado, dentro e fora de portas, convidando as famílias a um fim de semana de partilhas e experiências culturais, num cenário único da humanidade: o Mosteiro de Santa Maria da Vitória".

A entrega dos prémios do concurso, promovido pela Associação Portuguesa de Festivais de Música, decorreu no primeiro dia da 8ª edição do Talkfest - International Music Festivals Forum.

O festival Artes à Vila competiu com o Azeméis Seasons Sounds (PT), Caudal Fest (ES), EA Live Lisboa (PT), Évora Jazz Fest (PT), Fós - Festival de Órgão de Santarém (ES), Getxo Sound Fest (ES), Navarra Sur Festival (ES), O Son do Camiño (ES) e Paraíso (ES). Também estava nomeado na secção de Melhor Pequeno Festival (Best Small Festival).

A iniciativa distingue os melhores festivais e eventos de música em Portugal e em Espanha, e o prémio de excelência foi atribuído a Luís Ferreira, responsável pelo festival Bons Sons, em Cem Soldos (Tomar), e programador cultural em Ílhavo.


NESTA SECÇÃO

A “Encamisada”, reminiscência dos Círios Estremenhos e acto cultural de relevo

Volto à “Encamisada” rebolariense, que se deve inscrever entre as manifestações culturais do...

Irene Gomes e Paulo Assim na exposição “Espessura Longa”

A pintora Irene Gomes, natural da Batalha, e o poeta Paulo Assim, residente no concelho, par...

Festival Artes à Vila candidato a prémios ibéricos

O festival Artes à Vila, promovido na Batalha, encontra-se entre os 10 finalistas de duas ca...