"BA5: aviação civil é um desígnio do centro de Portugal”

O Conselho Estratégico para o Desenvolvimento Intermunicipal (CEDI) da Comunidade Intermunicial da Região de Leiria (CIM Região de Leiria) reafirmou “a necessidade de abertura da BA5 de Monte Real à aviação civil”, que considera um “desígnio regional do centro de Portugal ,que possui um amplo caráter intermunicipal”

O CEDI da CIM Região de Leiria, de que faz parte o Concelho da Batalha, reuniu no dia 6 de outubro e do encontro “saiu mais reforçada a necessidade de abertura da BA5 à aviação civil, desígnio regional do centro de Portugal, que possui um amplo caráter intermunicipal”.

A posição justifica-se “através do compromisso assumido pelas diversas entidades na sua promoção, adequada manutenção e integração no sistema de mobilidade regional, atualmente constituído pelas redes rodo e ferroviárias e pelas plataformas portuárias marítimas”.

“Assinala-se o reduzido valor do investimento necessário para realizar uma intervenção desta natureza, sendo ainda de destacar o interesse de privados em investir e operar na BA5 voos comerciais, pelo que o CEDI considera imperativo alavancar este projeto, no âmbito do próximo quadro comunitário de apoio”, destaca em comunicado.

A reunião teve como principais objetivos poder contar com os contributos dos parceiros para o Plano de Recuperação Económica de Portugal 2020-2030 e ainda para a “Visão Estratégica para a Região Centro 2030”.

Neste contexto, foi também apresentado o Gabinete Económico e Social da Região de Leiria (GES Leiria), criado no âmbito do combate aos efeitos da pandemia COVID 19, estrutura informal, dinamizada por três entidades com “atuação relevante”: CIM Região de Leiria, Instituto Politécnico de Leiria e Associação Empresarial da Região de Leiria.

O principal objetivo do GES Leiria “reside na necessidade urgente de coordenar e partilhar ações, de modo a antecipar decisões que possam manter a atividade empresarial, manter o emprego e a coesão social da região”.


NESTA SECÇÃO

Município recorre a tribunal para reverter aprovação de pedreiras

A Assembleia Municipal da Batalha aprovou uma moção de protesto contra o “total desalinhamen...

Ciclovia São Mamede a Fátima custa meio milhão de euros

Os municípios da Batalha e de Ourém anunciaram em outubro que submeteram uma candidatura con...

Executivo assinala aniversário com dinheiro e sedes

O executivo municipal da Batalha assinalou no dia 17 de outubro o terceiro ano de mandato, c...