Aves de Batalha de novo à cata das vacas-ruivas

Este escaravelho de tons escuros, mede entre três e 4,5 cm de comprimento e possui umas mandíbulas em forma de pinça que o distinguem de outras espécies. O Lucanus barbarossa (vaca-ruiva) só pode ser avistado, na sua fase adulta, de julho a setembro.

O Aves da Batalha participa nesta iniciativa e dinamizou uma atividade nas Grutas da Moeda no dia 17 de julho. Como ajudar? Além de participar nas atividades, pode tirar uma fotografia ao escaravelho e fazer o registo na plataforma “BioDiversity4All”. Cada registo contribui para aumentar o conhecimento relativo a esta espécie pouco conhecida e compreender o seu estado de conservação.

Até ao final de setembro pode juntar-se aos embaixadores locais do projeto vacaloura.pt, entre eles o grupo Aves da Batalha, ficando a conhecer mais sobre estas espécies e ajudando mapear os escaravelhos na região.

Desde 2016 foram já ultrapassadas as 300 observações desta espécie, muito poucas em comparação com as restantes espécies da família. Só no ano de 2020, foram observados quase 200 indivíduos, ano em que pela primeira vez o projeto contou com embaixadores locais dedicados a sensibilizar os cidadãos e a incentivar o mapeamento em regiões onde a vaca-ruiva ocorre.

Na região da Batalha, só em 2020, foram avistados 75 indivíduos desta espécie. Em 2021, com o crescimento da rede de embaixadores, foi lançado o primeiro fim-de-semana dedicado à vaca-ruiva. À semelhança dos fins-de-semana da vaca-loura já dinamizados, a iniciativa pretende alertar a população para os problemas que esta espécie enfrenta e explicar como, juntando esforços, se pode reverter a situação. Para esta primeira edição, que decorreu de 16 a 18 de julho, na região centro decorreram atividades na Batalha, Tomar, Lourinhã e Coimbra.

O projeto vacaloura.pt existe desde 2016 e tem incentivado a participação cívica para saber mais sobre os escaravelhos da família Lucanidae, como o vaca-ruiva e a vaca-loura. É coordenado pela Associação Bioliving, em parceria com a Unidade de Vida Selvagem do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro, Sociedade Portuguesa de Entomologia e Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). A vaca-loura (Lucanus cervus) é a espécie bandeira do projecto e é também o maior escaravelho que se pode observar em Portugal, sendo uma espécie legalmente protegida.


NESTA SECÇÃO

Raul Castro conquista presidência da câmara com maioria absoluta

O Movimento Independente Batalha é de Todos, liderado por Raul Castro, venceu as eleições au...

Município com “situação globalmente equilibrada”

A a última reunião do atual mandato 2017-2021 do executivo municipal aconteceu no dia 7 de o...

Equipas do concelho distinguidas na 'caça' às espécies exóticas invasoras

O Concelho da Batalha participou com três equipas na 4ª edição dos Desafios Invasoras.pt/Cor...