Aves da Batalha recolheu lixo junto aos cursos de água

O grupo Aves da Batalha promoveu no dia 29 de setembro a IV Caça ao Lixo no concelho, em duas áreas em simultâneo: na Ribeira da Calva, entre a Rebolaria e o Casal de Santa Joana, e zona do vale do rio Lena, próximo da Golpilheira.

“O primeiro local, onde passa um pequeno efluente do rio Lena, nunca tinha sido intervencionado e como foi alvo de uma desmatação decidimos atuar o mais rapidamente possível. O segundo, próximo do rio Lena e pertencente à freguesia da Golpilheira, é um local crónico de deposição de lixo e de entulho. Já tinha sido limpo no âmbito de uma atividade realizada com a escola da freguesia em maio”, explica João Tomás, um dos elementos do Aves da Batalha.

O grupo responsável pela área que acompanha a Ribeira da Calva contou com a participação de 11 batalhenses, entre os quais membros do Aves da Batalha e da Junta de Freguesia da Batalha. “Nesta área foram recolhidas muitas embalagens de plástico, entulho (bidões de alumínio) e também uma grande quantidade de cartuchos de caça. Foi muito bom termos realizado esta limpeza porque assim que os matos e ervas voltassem a crescer, todo o lixo passaria despercebido e poderia permanecer mais uns anos”, adianta João Tomás.

Já na Golpilheira, o grupo de participantes contou com a presença dos Guardiões do Lena (alunos da escola), pais e professores. Neste local, o lixo recolhido foi sobretudo roupa, sofás, pneus e sanitas. “Esta foi a segunda vez que limpamos este local. A nossa intenção é combater a problemática de deposição crónica de lixo envolvendo a escola e a junta da Golpilheira. Estamos a pensar em estratégias que possam surtir efeito nos culpados por este tipo de danos na natureza e espaços públicos”, refere o membro do Aves da Batalha.

“Este tipo de atividades é muito importante para a consciencialização da população da Batalha para a questão da poluição” e para “tornar a natureza do concelho mais bonita, atrativa e saudável”, diz, em jeito de balanço da iniciativa, que envolveu 35 participantes e as juntas da Batalha e da Golpilheira.


NESTA SECÇÃO

Pedreira da Barrosinha pode acabar em tribunal e com indemnizações

Há intervenções e decisões promovidas até agora por algumas entidades públicas e privadas no...

Ninguém quer a exploração de pedra na Barrosinha

A Assembleia de Freguesia do Reguengo do Fetal recusou por unanimidade a exploração da pedre...

PSD ganha no concelho mas perde votos

O PSD venceu as eleições legislativas na Batalha, disputadas no dia 6 deste mês, com 39,77% ...