Aves da Batalha promoveu 13 ações relacionadas com ambiente

O Grupo Aves da Batalha promoveu 13 atividades ao longo do ano passado, entre as quais seis saídas de campo diurnas e uma noturna para observação de fauna e flora, duas campanhas de recolha de lixo, três ações para a colocação de caixas-ninho para corujas-das-torres e, ainda, uma exposição de fotografias. Nestas iniciativas participaram 300 pessoas.

As saídas de campo tiveram como objetivo principal explorar e monitorizar, em conjunto com os cidadãos, diferentes áreas naturais do concelho e realizaram-se nas seguintes aldeias/locais: Mata do Cerejal (Alcanadas), Casais dos Ledos (diurna e noturna), Casal Suão e Pia do Urso, Rio Seco, Reguengo do Fetal. Durante as atividades foram observadas 85 espécies de fauna, entre as quais 63 espécies de aves.

Quanto às atividades de recolha de lixo, que visam “tornar os espaços naturais do concelho mais saudáveis, visualmente mais atrativos e evitar que os resíduos abandonados cheguem ao rio Lena”, decorreram em maio e setembro. O grupo focou-se na ribeira da Calva, entre a Rebolaria e o Casal de Santa Joana, e num troço do rio Lena próximo da Golpilheira, “onde são depositados de forma crónica lixo e entulho”.

Em ambas as atividades, o grupo contou com o apoio dos alunos da escola da Golpilheira – “Guardiões do Ambiente” – e restante comunidade escolar, além da colaboração das juntas de freguesia da Batalha e da Golpilheira.

“É de salientar o acréscimo do número de participantes, nomeadamente dos mais jovens, fruto da boa relação que conseguimos desenvolver com a escola da Golpilheira. Desta maneira, para além de lutarmos por um ambiente mais saudável e equilibrado, conseguimos sensibilizar os mais jovens e a administração local para o problema da poluição”, refere o relatório de atividades do grupo.

Outra iniciativa consistiu na construção e instalação de caixas-ninho para a coruja-das-torres (Tyto alba). Até ao momento, o grupo construiu cinco caixas-ninho e já instalou três; na Rebolaria, no Picoto e nos Casais dos Ledos. Na primeira localidade contou com o apoio do Centro Recreativo da Rebolaria e da Junta de Freguesia da Batalha. Nas localidades do Picoto e dos Casais dos Ledos, para além da instalação da caixa-ninho, promoveu uma ação de educação e sensibilização ambiental para as comunidades escolares da Golpilheira e dos Casais dos Ledos. Colaboraram as juntas de freguesia.


NESTA SECÇÃO

Batalha começou a distribuir máscaras à população

O Município da Batalha iniciou na segunda-feira, dia 6, a distribuição gratuita no concelho ...

Bombeiros ajudam bebé a nascer em apartamento

Um jovem residente na Batalha ajudou ao nascimento do segundo filho, ao final de segunda-fei...

Covid-19: Batalha dá máscaras a todas as pessoas de risco

O Município da Batalha anunciou que vai entregar “gratuitamente máscaras de proteção a todas...