Autarca "lamenta profundamente" ausência de combate à poluição

O presidente da Câmara da Batalha "lamenta profundamente o esquecimento a que tem sido votado o projeto da Estação de Tratamento de Efluentes Suinícolas (ETES)" da Região de Leiria.

"Os valores ambientais em causa justificam que este projeto seja considerado estratégico para a região, conheça um desfecho urgente e seja reconhecido como opção prioritária do Ministério do Ambiente e da Ação Climática", refere Paulo Batista Santos numa nota publicada na segunda-feira, dia 24, em que elogia o trabalho da GNR na área ambiental.

O autarca "felicita a equipa do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente da GNR por cumprir o seu trabalho", na sequência da deteção do alegado autor de uma descarga poluente para a Ribeira dos Milagres, em Leiria.

O presidente da Câmara da Batalha alega que o investimento associado a uma solução para a despoluição da bacia do Lis é de "12 milhões de euros, menos de 3% do orçamento de despesa do Fundo Ambiental para 2020, ou cerca de 10% do valor atribuído às empresas de transportes públicos das áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto no âmbito do Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos".

"A bacia hidrográfica do rio Lis constitui um dos mais importantes recursos naturais da região de Leiria. A degradação da qualidade das águas devido às descargas continuadas de efluentes domésticos, pecuários e industriais e às práticas agrícolas inadequadas tem conduzido, nas últimas décadas, a problemas graves de poluição e à degradação da qualidade da água do rio Lis. Neste particular, é tempo de mudar de vida!", conclui Paulo Batista Santos na nota publicada na sua página de Facebook.


NESTA SECÇÃO

Covid-19: Número de vítimas mortais sobe para oito na Batalha

O número de pessoas falecidas no concelho da Batalha com Covid-19 aumentou para oito nas últ...

Covid-19: Concelho esteve quatro dias em recolher obrigatório noturno

O Concelho da Batalha esteve quatro dias em recolher obrigatório noturno – e escapou à tange...

Aprovados concursos públicos para pavilhão e ciclovia

A câmara municipal aprovou em outubro a abertura de concursos públicos relativos aos projeto...