João Ramos

Fisioterapeuta

Artrose no joelho

No artigo deste mês irei desenvolver o tema artrose no joelho. A osteoartrose, vulgarmente denominada artrose, é uma disfunção que afeta essencialmente a cartilagem articular. Acima dos sessenta anos de idade, noventa porcento dos indivíduos têm artrose.

Estima-se que em Portugal existem cerca de um milhão de pacientes com artrose, contudo cerca de metade deles assintomáticos. Estes valores terão a tendência a aumentar, dado o envelhecimento da nossa população.

Apesar de ser uma patologia relacionada com a população idosa, não é de todo uma disfunção que afeta exclusivamente o indivíduo idoso.

Há casos de jovens com artrose, tal como, existem pessoas idosas sem atrose. A osteoartrose pode surgir nos dois géneros, em todas as raças e climas, no entanto, o tempo frio e a humidade agravam as queixas dos pacientes com artrose. É de salientar que a artrose pode afetar qualquer articulação.

No presente artigo abordamos a artose no joelho, uma das que afeta mais portugueses.

A sobrecarga do aparelho locomotor causada pela atividade profissional, desporto ou outras atividades de lazer é uma das principais causas de osteoartose no joelho.

Questões traumáticas, excesso de peso, malformações ou outra patologia associada são outras das inúmeras causas desta disfunção. Para ser estabelecido o diagnóstico da artose terá que consultar o seu médico para ser feita uma avaliação detalhada do seu caso e assim iniciar o processo de tratamento.

A artrose do joelho é uma doença degenerativa e progressiva da cartilagem articular, que quando não é tratada pode tornar-se incapacitante. Os principais sintomas são: dor, edema, rigidez matinal e limitação nas atividades funcionais na posição de pé.

A osteoartose do joelho não tem cura, e é relevante transmitir isso ao utente, apesar disso, o tratamento precoce permite ao paciente ter uma vida completamente normal mantendo a sua autonomia e funcionalidade nas atividades do dia-a-dia.

A Fisioterapia consegue tratar a inflamação e dor gerada pela artrose no joelho, quando associada à prática de exercício físico regular permite fortalecer os músculos do joelho e melhorar a funcionalidade do indivíduo. Apenas as formas mais avançadas de artose é que terão indicação para colocação de prótese do joelho.

Para ter uma perspetiva mais especifica sobre o seu caso clínico e todo processo de recuperação, procure um fisioterapeuta.


NESTA SECÇÃO

Tendinopatia de Aquiles

O Tendão é um cordão fibroso, constituído por tecido conjuntivo e que permite a inserção dos...

Pílula do dia seguinte – O que temos de saber?

A contraceção hormonal de emergência, habitualmente chamada de pílula do dia seguinte é um m...

Câmara aceita competências do Estado na saúde e cultura

A Câmara da Batalha decidiu aceitar competências da administração central nas áreas da saúde...