Carla Cerejo expõe em museu canadiano

A artista natural da Batalha Carla Cerejo vai expor num museu em Montreal, no Canadá, sendo a primeira vez em mais de 13 anos que um trabalho seu de pintura é colocado à venda.

O convite foi dirigido por Annie Beaudet, do Centre Saint-Louis, depois de visitar o site da artista portuguesa em www.carlacerejo.com.

“É com muita felicidade e entusiasmo” que Carla Cerejo participa na exposição, “pois é a primeira vez” que tem a oportunidade de expor num museu e que um “trabalho seu de pintura estará à venda desde 2004”.

A obra foi selecionada para a “Grande exposition en arts visuels”, que estará patente no Écomusée du Fier Monde, de 28 de março a 15 de abril, em Montreal, a maior cidade da província canadense do Quebec.

A pintura a expor intitula-se "A secret scrapbook story page 2" (pormenor publicado na notícia), começou a ser pintada em 2005, na Batalha, e ficou concluída em Londres, em 2014. Mede 140 por 70 centímetros e foram usadas técnicas de acrílico, óleo, marcadores, folha de ouro, em linho e resina portugueses, bordado fino e croché.

Em dezembro de 2003, o quadro “Dona e senhora do seu próprio destino”, de Carla Cerejo, foi adquirido pelo principado das Astúrias no âmbito do 3º Prémio Internacional de Pintura promovido pela instituição.

A obra, na qual vemos uma marioneta feminina, deitada no chão, que recusa ser manipulada, foi adquirida por seis mil euros. A concurso estiveram mais de 140 obras, das quais foram selecionadas apenas 20.

A 30 de abril de 2015, a artista, nascida em 1974, inaugurou em Londres a primeira exposição em 11 anos, sendo algumas das obras resultado de um trabalho de mais de uma década. A sua mostra anterior foi no Porto, em 2004, tendo recebido a visita surpresa do ministro da cultura, Pedro Roseta.

A batalhense é licenciada em pintura pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa e é mestre em gravura pelo Camberwell College of Arts/University of the Arts, em Londres, dedicando-se em pleno à atividade artística desde 2000. Além de pintura e gravura, Carla Cerejo faz também ilustração.


NESTA SECÇÃO

Os instrumentos musicais do pórtico do Mosteiro (II)

Aliás, serão dois assuntos a que vou referir-me na secção deste mês. O primeiro ainda relaci...

Peça a peça, o Museu Etnográfico da Alta Estremadura

A partir da casa de fóra, subimos a escada que dá acesso ao sótão, também parcela visitável ...

Festival Acaso traz dois espetáculos ao auditório

O programa do 23º Festival Acaso, a decorrer até 31 de outubro, prevê um total de 26 espetác...